Mais de 1.800 famílias recebem títulos de terra em Juruti

Isaías Vitor comemora recebimento do título de suas terras
Isaías Vitor comemora recebimento do título de suas terras

Acompanhado do prefeito de Juruti, Marco Aurélio Dolzane do Couto, dos deputados federais Nilson Pinto e Chapadinha, do deputado estadual Júnior Ferrari e demais membros do governo estadual, o governador Simão Jatene entregou títulos de terra para mais de 1.800 famílias da Gleba Curumucuri. Uma das entidades beneficiadas foi a Acoglec (Associação das Comunidades da Gleba Curumucuri) que tem como presidente o produtor rural Isaias Vitor que comemorou bastante juntamente com mais de 5 mil pessoas o recebimento do documento das mãos do governador do Estado.

Na ocasião, Isaias Vitor agradeceu ao governador por ter atendido esse antigo pleito dos moradores dessa região e enalteceu o empenho do prefeito de Juruti, Marco Aurélio, que desde o início de seu mandato não mediu esforços para apoiar essa luta da Acoglec em busca dos títulos das terras da região do Curumucuri.

“Essa vitória é de todos nós!”, afirmou Isaias Vitor, presidente da Associação Comunitária Gleba Curumucuri (Acoglec), enquanto exibia o documento de posse de terra recebido das mãos do governador  no último dia 25, no distrito de Castanhal, município de Juruti (Oeste do Pará). Os dois títulos coletivos de terra entregues pelo governo estadual beneficiam 1.813 famílias, em 52 comunidades de Juruti.

“Lutamos muito, mas hoje é um dia que vai ficar marcado para sempre na nossa história. Esse título é nossa vida, garante os nossos direitos e nos dá a tranquilidade de trabalhar na terra, que é nossa e ninguém pode nos tirar. Podem ter certeza que as nossas comunidades vão ter grandes melhorias com a chegada desse documento”, declarou Isaías Vitor, diante de milhares de pessoas que participaram do evento. Além dos moradores da Gleba Curumucuri, a titulação beneficiou famílias do assentamento estadual extrativista Prudente Monte Sinai.

Para o governador Simão Jatene, a concessão de títulos de terra é um reconhecimento de direitos. “As famílias que lutam por esse sonho há muito tempo fazem o milagre diário de transformar a terra e o suor em alimentos que abastecem as grandes cidades. Nada mais justo do que garantirmos o direito que elas possuem. O fato de o título ser coletivo demonstra a união dessas famílias, que se juntam para buscar melhoria para todos”, enfatizou Jatene.

Assentamento – Com os dois títulos coletivos – que dão posse sobre uma área com mais de 100 mil hectares, beneficiando mais de 7 mil pessoas -, também foi assinada a portaria de criação do projeto do Assentamento Estadual Extrativista  Mamuru, que reconhece o direito ao território de 300 famílias, que vivem em uma área de 150 mil hectares.

Daniel Lopes, presidente do Instituto de Terras do Pará (Iterpa), informou que a portaria possibilita o trâmite da futura titulação. “Com o projeto de assentamento o Iterpa pode fazer o levantamento da área para a titulação definitiva”, explicou. As áreas tituladas em Juruti, disse o presidente do Instituto, receberam o reconhecimento do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) como área de assentamento agrário, o que proporciona uma série de benefícios. “O Estado não tem poder de realizar reforma agrária em suas áreas, mas se o governo federal reconhece a característica dessas comunidades, elas passam a ter acesso aos benefícios concedidos através do Programa de Reforma Agrária, como crédito diferenciado, por exemplo”, assegurou.

GOVERNADOR ASSINA CONVÊNIO DE R$ 1 MILHÃO PARA O CAIS DE ARRIMO

Simão Jatene assina convênio de 1 milhão para o cais de arrimo
Simão Jatene assina convênio de 1 milhão para o cais de arrimo

Por ocasião de sua visita a Juruti, o governador Simão Jatene assinou um convênio com a Prefeitura de Juruti, no valor de R$ 1 milhão, para a construção de um cais de arrimo na orla da cidade, que está desabando com a força das águas do Rio Amazonas. O prefeito de Juruti, Marco Aurélio Dolzane do Couto, disse que o convênio com o Estado vai garantir a segurança da população que mora ou possui comércio na orla da cidade.

“Na década de 1980 sofremos com um desabamento de quase 1 km da orla. Temos uma falha geológica na frente da cidade, que somada à força do rio oferece risco constante de desabamento. Com esse recurso vamos construir um cais de arrimo para evitar desastres da mesma natureza que ocorreram no passado”, informou o gestor municipal.

MUIRAPINIMA E MUNDURUKU – Após a solenidade, o governador assistiu a uma breve apresentação das tribos Munduruku e Muirapinima, grupos folclóricos que fazem o Festival das Tribos Indígenas de Juruti (Festribal), realizado no final do mês de julho, como forma de preservar a cultura indígena da região.

Nesse momento Jatene recebeu documento dos presidentes das duas tribos folclóricas solicitando apoio financeiro para o Festribal. O governador argumentou o momento econômico difícil pelo qual o país e o estado passam, mas não descartou a possibilidade de ajudar. Ele disse ainda que fará de tudo para participar do evento este ano.

TRIBOS RECEBEM RECURSOS PARA PREPARAÇÃO DO FESTRIBAL 2016

Convênio Prefeitura e Alcoa para o festirbal
Convênio Prefeitura e Alcoa para o Festirbal

As tribos folclóricas de Juruti, Munduruku e Muirapinima, já começaram a movimentação visando o XXII Festival Folclórico das Tribos Indígenas de Juruti (Festribal) que acontece no último final de semana de julho e que este ano terá como atração da Festa dos Visitantes a dupla sertaneja Victor e Léo.

Na semana passada, o prefeito Marco Aurélio, acompanhado do secretário de Cultura, Carlos Pinheiro, reuniu com a direção das duas agremiações e o gerente de relação institucionais da Alcoa, Rogério Ribas, para definir o repasse de verbas oriundas da empresa mineradora para as tribos, através da Prefeitura de Juruti. Foi assinado convênio no valor de R$ 100 mil que devem ser repassados até o final deste mês.

Com esse dinheiro, as tribos começam a se movimentar nos preparativos para o maior evento cultural da região, considerado Patrimônio Cultural do Pará, Festival das Tribos. Segundo os presidentes das duas tribos, Edom Cativo (Munduruku) e Moisés Mota (Muirapinima), os recursos são bem vindos, pois as despesas são muitas para preparar as tribos. Essa verba deve ser usada na gravação dos CDs e DVDs das tribos que devem ser lançados por todo mês de junho. A tribo Munduruku já definiu a data de 2 de julho para lançamento do CD com os cantos tribais deste ano.

O repasse da Alcoa é apenas uma parte dos recursos que o Festribal consome. Ao longo dos tempos o evento tem sido custeado pela Prefeitura. A atual administração vem tentando mudar essa realidade para evitar que todos os recursos saiam dos cofres públicos. Este ano a expectativa é que entrem recursos oriundos da Lei Rouanet, já que a empresa Maná, de São Paulo, ficou encarregada dessa captação.

COMUNIDADE SANTA CRUZ DO PARANÁ DE DONA ROSA GANHA NOVA PONTE

Ponte do Saraque, no paraná da Dona Rosa
Ponte do Saraque, no Paraná da Dona Rosa

A administração municipal de Juruti não tem poupado esforços para levar às comunidades do interior os benefícios essenciais para a comunidade da população. No último domingo, quem ganhou obra nova foi a comunidade Santa Cruz (Saraque), região do Paraná de Dona Rosa, onde foi inaugurada uma ponte com 300 metros de comprimento, ligando a margem do rio amazonas ao centro da comunidade.

 Durante o evento, o prefeito falou que vem enfrentando muitas dificuldades financeiras para realizar tudo o que gostaria em prol da população, mas que isso não tem impedido que as obras essenciais continuem sendo realizadas em todos os cantos do município.

Na semana passada, por exemplo, foi inaugurada uma ponte na comunidade Paraíso que era um verdadeiro desafio, mas que foi enfrentado e concluído pela administração municipal. Segundo Marco Aurélio, prefeito de Juruti,  todos os compromissos assumidos com as comunidades estão sendo cumpridos dentro das limitações da Prefeitura.

O presidente da comunidade Santa Cruz (Saraque), Izael Ferreira, fez um agradecimento emocionado ao prefeito reconhecendo  o esforço do gestor para levar os benefícios às comunidades. Ele disse que entende o momento difícil pelo qual o Brasil passa, mas disse que quando há disposição de compromisso as coisas acontecem.

Vários secretários municipais e assessores da Prefeitura também participaram da inauguração, além de lideranças de outras comunidades vizinhas.

INAUGURADA COBERTURA DA QUADRA DE ESCOLA EM JURUTI VELHO

Cobertura da quadra da escola Meriam Benitah
Cobertura da quadra da escola Meriam Benitah

A Prefeitura de Juruti está presente em todas as regiões do município levando obras e serviços para a população em todas as áreas. No final da semana passada, a comitiva do prefeito esteve na  região de Juruti Velho onde, na Vila Muirapinima, o prefeito Marco Aurélio, acompanhado da secretária municipal de Educação, Régia Pinheiro, inaugurou a cobertura da quadra coberta da escola municipal Meriam Benitah.

A obra foi mais um compromisso assumido pela atual administração junto à comunidade escolar de Juruti Velho, região que tem recebido um grande volume de obras da atual administração, tanto na área de educação como em outros setores. Na educação, o atual governo mantém em funcionamento o Ensino Médio Regular numa parceria inédita com a Seduc-Pará.

Outro grande projeto para a região de Juruti Velho, programado há muito tempo, mas que está se tornando realidade, é o programa Luz Para Todos que está em fase bem adiantada e deve chegar à vila ainda este ano, acabando com o sofrimento dos moradores na questão da energia elétrica.

Com a nova cobertura da quadra, não só os alunos, mas também a comunidade terá um espaço mais seguro e confortável para as práticas esportivas e outras atividades.

GOVERNADOR ENTREGA TÍTULO AOS AGRICULTORES DO CURUMUCURI

A comitiva do governador do Estado, Simão Jatene, visita nesta quarta-feira, 25, o município de Juruti, onde cumpre uma agenda em companhia do prefeito Marco Aurélio Dolzane. Uma das atividades de Jatene no município será a entrega de dois títulos coletivos de terra, através do Iterpa, para 1.700 famílias do Assentamento Gleba Curumucuri.

A visita do governador Simão Jatene, foi acertada em recente visita do prefeito de Juruti, Marco Aurélio, ao seu gabinete em Belém, quando esteve acompanhado do presidente da Acoglec, Isaias Victor da Silva.

A entrega dos títulos definitivos de terra da Gleba Curumucuri é mais um projeto que há muito tempo vinha sendo reivindicado pelos produtores rurais dessa região que agora, no atual governo, se torna realidade. Foi uma batalha incansável de Marco Aurélio junto ao Governo do Estado para que se tornasse realidade.

Além dos títulos da Gleba Curumucuri, Simão Jatene e Marco Aurélio vão também  assinar contrato com o Sindicato dos Produtores Rurais do Assentamento Monte Sinai, beneficiando 51 famílias e assinar portaria criando o Projeto Estadual de Assentamento Extrativista Mamuru. Todas essas ações são conquistas que tiveram a participação direta da Prefeitura de Juruti.

SELEÇÃO DE JURUTI PERMANECE NA LIDERANÇA DA CHAVE B

Mesmo com o empate dentro de casa contra Curuá no último sábado, a Seleção de Juruti, atual campeã da Copa Oeste, continua na liderança de sua chave juntamente com Óbidos com quatro gols, perdendo apenas no saldo de gols.

Neste sábado, 28, o selecionado jurutiense volta a jogar nos seus domínios quando recebe a Seleção de Óbidos, no Estádio Audenor Pereira da Silva (Pimpão), às 16h30. A Liga esportiva de Juruti agradece o apoio da torcida no último jogo e conta com a presença do torcedor para mais essa partida.

Classificação da Chave B

1 lugar – Óbidos – 4 pontos (3 gols)

2 lugar – Juruti – 4 pontos (2 gols)

3 lugar – Curuá – 2 pontos

4 lugar – Oriximiná – 0 ponto

Próximos jogos

Juruti x Óbidos – sábado, 16h30, Estádio Pimpão

Curuá x Oriximiná, sábado, 16h30, Estádio de Curuá

Fonte: RG 15/O Impacto e Rui Neri

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *