Quadrilha explode e rouba empresa em Marabá

maraba-prosegurMoradores de Marabá, região sudeste paraense, viveram cenas de terror na madrugada desta segunda-feira (5). Uma quadrilha invadiu uma empresa de transporte de valores e explodiu o local. De acordo com testemunhas a ação contou com a participação de 20 a 30 homens.

A empresa localizada na avenida Itacaiunas, bairro do Novo Horizonte, foi invadida por volta de 1h. O bando usou dinamites para explodir o local. Alguns moradores chegaram a pegar o dinheiro que voou durante a explosão.

O plano da quadrilha ainda contou com o bloqueio da rodovia Transamazônica. Eles atearam fogo em dois caminhões que estavam localizados nas duas extremidades da pista, impossibilitando a ação da polícia.

Policiais, em quantidade pequena, tentaram conter a ação do bando, porém eles conseguiram fugir. Uma policial ficou ferida, após atendimentos, ela passa bem.

De acordo com a polícia militar, os bandidos fugiram pelo Rio Tocantins, com o auxílio de barco. Há informações que eles seguem para Nova Ipixuna. Equipes já fazem as buscas por água e por terra.

Bandidos fecham acessos e promovem madrugada de
terror em Marabá

Esta madrugada (segunda-feira, dia 5) foi marcada por atos violentos de uma quadrilha que atacou a Prosegur, empresa de transporte de valores que fica na Avenida Itacaiúnas, núcleo Cidade Nova, em Marabá (PA).

Numa ação audaciosa, os criminosos interditaram a ponte do Rio Itacaiúnas, utilizando dois caminhões e ateando fogo num deles, para impedir o acesso de policiais até o local do ataque, já que o quartel da Polícia Militar e a Superintendência da Polícia Civil ficam do outro lado da ponte.

Livres para agir os criminosos detonaram bombas na sede da empresa, para entrar no local e roubar o dinheiro que abasteceria vários bancos em Marabá. Não se sabe ainda o valor exato, mas fala-se em milhões.

Em meio à rajada de balas e ao som de bombas, muitos moradores vizinhos à empresa ficaram apavorados e alguns levaram até prejuízo devido ao tremor causado pelo bombardeio.

(Informações Portal Dol e Marabá Notícias)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.