Santarenos vão às urnas para escolher Prefeito e vereadores

cinco-candidatos-disputam-prefeitura-de-santarem
Cinco candidatos disputam prefeitura de Santarém

Neste domingo (02), as zonas eleitorais esperam cerca de 238.906 mil eleitores que estão  aptos a ir às urnas e votar em candidatos a Prefeito e Vereador nos três municípios: Mojuí dos Campos, Belterra, além de Santarém, que compõe a Zona Metropolitana de Santarém. Belterra está com 14.178 e Mojuí dos Campos 17.064 eleitores, conforme índices divulgados pelo Cartório Eleitoral.

Com 209.484 eleitores aptos a votar nas eleições 2016, Santarém, no oeste do Pará, permanece como o terceiro maior colégio eleitoral do Estado. Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) houve um aumento de 15.614 eleitores, aproximadamente 7% em relação a eleição municipal anterior que contou com 193.870 eleitores. Os dados podem ser consultados no site, assim como informações pessoais, prestação de contas, situação da candidatura e proposta de governo. Segundo os dados informados pelo TSE, a maioria dos eleitores santarenos é composta por mulheres, num total de 108.722, que correspondem a 51%, enquanto os 100.762 homens representam 49%.

Os programas dos candidatos na corrida ao Palácio Jarbas Passarinho, sede do Executivo municipal de Santarém podem ser acessados de forma gratuita pelo site das candidaturas na Justiça Eleitoral. O jornal O Impacto divulga algumas das propostas de cada um dos cinco candidatos. Confira e vote consciente:

Alexandre Von (PSDB) é candidato à reeleição para prefeito de Santarém pela coligação JUNTOS POR SANTARÉM (PRB / PEN / PTN / PRP / PSDC / PTB / PV / PSL / SD / PSC / PSB / PSDB / PTC / PMN / PROS / PRTB / PP).

O programa do atual Prefeito, candidato à reeleição, com quinze páginas, dedica amplo espaço às realizações da primeira gestão de Von (2013-2016) e propõe a continuidade de programas e promessas como concluir e ampliar o plano de obras no Município. A proposta prioriza a inclusão social, através de ações nas áreas da educação, saúde, assistência social, cultura, esporte e lazer.

Nélio Aguiar (DEM) é candidato a prefeito de Santarém pela coligação SANTARÉM PRECISA MUDAR (PDT / PMDB / PPS / PHS / DEM / PSD / PMB / PR).

O plano de governo do médico e candidato a Prefeito possui 27 páginas. Dr. Nélio Aguiar apresenta a importância da parceria entre o governo municipal e a população em ações relacionadas à problemática nas áreas como saúde, educação, infraestrutura, agropecuária, assistência social, turismo entre outros. Ele propõe que um novo governo deve possuir ainda um olhar sensível e inteligente sobre a arrecadação e o uso dos recursos públicos.

Socorro Pena (PT) é candidata a prefeita de Santarém pela coligação SANTAREM MERECE MAIS (PT / PPL).

A candidata do PT, Socorro Pena, apresenta um programa de governo com 20 páginas, em que propõe construir uma trajetória de desenvolvimento pautada na participação social, no acesso da maioria da população à cidadania, na ampliação das oportunidades de educação, cultura e trabalho para a juventude e na promoção da justiça social. O plano prevê ainda uma estratégia de mudança de gestão municipal.

Márcio Pinto (PSOL), candidato a prefeito de Santarém pela coligação SANTARÉM DE TODOS NÓS (REDE / PSOL / PC do B).

O programa do candidato Márcio Pinto possui 10 páginas. Ele propõe construir uma cidade a serviço dos interesses da coletividade, sempre com ousadia, honestidade, democracia e transparência. A proposta parte da necessidade de devolver à sociedade a confiança na democracia e, para tanto, o primeiro desafio dele é superar a crise de representação por meio de um novo modo de fazer política.

Joaquim Hamad é candidato a prefeito de Santarém pelo PT do B (Partido Trabalhista do Brasil). Com 12 páginas, o candidato Joaquim Hamad apresenta em seu plano de governo uma discussão do contexto social e político do Município. Ele aponta a necessidade de uma política séria, desenvolvida de forma transparente e justa. Hamad descreve a preocupação com o meio ambiente, com uso controlado dos recursos naturais, a redução, destinação final adequada dos resíduos sólidos e educação ambiental.

A sorte está lançada, esperamos que estas eleições transcorram de maneira tranqüila, e que vença o que tiver melhores propostas para o povo santareno, nos próximos quatro anos.

Por. Carlos Cruz

Fonte: RG 15\O Impacto

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *