DOIS FATOS: UMA SAÍDA E A OUTRA ENTRADA

Santarém viveu no dia de ontem, dois acontecimentos históricos.

Embora tenha sido o segundo acontecimento, falo por primeiro que foi a diplomação do Prefeito e dos vereadores, eleitos no último pleito, pela Justiça Eleitoral,  para o mandato que se inicia no dia 01 de janeiro de 2017, de quem esperamos uma boa atuação em benefício de Santarém, num momento em que todo o País clama por uma nova roupagem, nos poderes, que o poeta, chamou de “podres poderes”. Então, só resta um pouco de consciência dos novos parlamentares e do Executivo Municipal, para mostrar para o resto do País que : “Yes, nós temos bananas”. Mas não somos corruptos!

O primeiro, acontecimento na realidade foi a sessão de encerramento dos trabalhos da Câmara Municipal de Santarém, que além de prestar conta do ano legislativo, na oportunidade, também homenageou algumas personalidades que se destacaram, prestando bons trabalhos, no município, como o meu amigo e irmão Washington do Vale e o Pe. Ronaldo que vai deixar a catedral e irá trabalhar na cidade de Monte Alegre, estes merecem.

Mas nem sempre é assim e este ano não será exceção, às vezes a pessoa nem bem pisou em Santarém, por ter amizade com algum edil, já recebe um título de Cidadão Santareno ou um título de Honra ao Mérito.

Em algumas vezes se descobre, posteriormente, como já ocorreu, que a pessoa não é de boa índole. Alguns já foram despertados pela Polícia Federal. Outro chegou a devolver o título de Cidadão Santareno porque entendeu que era para usá-lo para benefícios próprios de alguns dos vereadores. É preciso ter cuidado, espero que tenham tido, para preservar o bom nome de Santarém e dos seus filhos. Que a próxima legislatura, não labore apenas em moções de aplausos, de pesar, mas em projetos e leis, para beneficiar Santarém e sua população, para serem cumpridas. Não como essa Lei do Cliente Cidadão, ou a Lei da Fila, que continua letra morta, servindo até de gozação para quem tem o direito de observá–la. Então, basta observar a Lei a Orgânica do Município, o Código de Postura do Município, o Código Tributário, Lei de Parcelamento do Solo. Código de Obras e o Plano Diretor além, é claro, da nossa lei maior a Constituição Federal de 1988. Feliz ano novo para nós santarenos. ///////////////// Eu sou do tempo em que Natal, não era só panetone, nem rabanada, mas pelo lançamento do novo LP do Roberto Carlos! E aguardava-se o especial pela TV. Hoje, tem um CD e um show ou um especial. Enquanto isso, nos estabelecimentos comerciais atura-se a música da SIMONE. Manjada, deixando-se de lado, Noite Feliz, os sinos de Belém/é natal, é natal, noite divinal e outros clássicos do natal. /////// E por falar no rei da Jovem guarda que permanece hoje como rei, uma de suas canções tem esses belos versos que reproduzo para você, caro leitor: “Já está chegando a hora de ir/ vim aqui me despedir de ti/(…) e por onde eu andar vou lembrar de você.(….)”. Esses versos eu dedico para o Governo que está arrumando as malas, limpando as gavetas e passando para a equipe de transição, tudo, inclusive, a questão dos oito milhões de reais da Caixa, o povo quer maiores esclarecimentos. /////////// Vou lembrar de vocês, que depois de quatro anos ininterruptos de cobrança da promessa de asfaltar a Turiano Meira, na Cohab, até a Moaçara, ficou inacabada, vejam bem. Depois de quatro anos! E assim deixaram inconclusas as partes das calçadas, (mesmo com o PAC do Ministério Público Estadual) que chegaram aqui dizendo que iriam arrebentar e fazer uma calçada, padronizada, facilitando para quem é cadeirante, tudo pela acessibilidade. O mesmo aconteceu com a Clementino de Assis, Barjonas de Miranda e Anísio Chaves. Ledo engano! Deixaram inacabada a parte em frente à minha casa, parece perseguição, marcação. Ou será algum feitiço! A desculpa foi agora que o tal Gerenciamento de Grandes Obras foi fechado, antes do balanço e foram embora, já que os e seus titulares, foram resultados de acordos políticos com a capital do Estado. Vai –te! //// O Brasil chora a morte de Dom Evaristo Arns, bispo emérito de São Paulo, que lutou pela liberdade e pelos direitos humanos, na época de chumbo do País, ou no período da recessão, lutou para defender muitos desses que estão no poder e não deram valor a quem os defendeu. Alguns voltaram à política e fizeram parte dessa desgraça que está aí, onde não se consegue nem formar um ministério ficha limpa. Espero que respeitem pelo menos a memória desse grande brasileiro que dispensa apresentações. Descansem em paz. //////// A PROGRAMAÇÃO DESTE FINAL DE ANO DO FLUMINENSE, NESTA SEXTA-FEIRA, A MELHOR DUPLA ROMÂNTICA MILTON E MILENA////DIA 23/12. BANDA STILLUS – COM A PARTICIPAÇÃO ESPECIAL DA CANTORA LÍCIA MARA/////NO DIA 30/12/2016- PRÉ-RÉVEILLON COM A BANDA RAÍZES DA TERRA – IMPERDÍVEL!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *