Beto Salame: “Osmando é um grande líder e alavancará PP em Santarém”

Deputado federal Beto Salame veio a Santarém participar da posse de Osmando Figueiredo

Com o desafio de resgatar a força do Partido Progressista (PP) em Santarém, é que o advogado Osmando Figueiredo assume a presidência da legenda no Município. A posse do novo dirigente aconteceu no domingo (22), na Câmara Municipal, e contou com presenças ilustres, entre elas, a do prefeito Nélio Aguiar e o do deputado federal Beto Salame.

 “Há tempos venho conversando com o Osmando no sentido de vê-lo integrado ao Partido Progressista. É uma liderança reconhecida na região e tem grande experiência política, um perfil que buscamos para compor os quadros do PP”, disse Beto.

A presença de Beto Salame, presidente estadual do PP, foi uma sinalização clara da importância que tem Santarém na estratégia da sigla visando às próximas eleições.

“Partido que pretende ser influente e representativo no Estado precisa sempre buscar reforçar seus quadros, principalmente em cidades tão importantes quanto Santarém. Fiz questão de vir pessoalmente abonar a ficha de filiação do Osmando por entender que é um companheiro afinado com nossas ideias e apto a desempenhar um grande trabalho no fortalecimento do Partido Progressista em Santarém e na região do Tapajós”, afirmou Beto Salame.

Beto lembrou ainda que o PP passa por um amplo processo de renovação em todo o Pará e que se prepara para alcançar relevância ainda maior na política estadual.

“O PP tem a quarta maior bancada da Câmara Federal e essa força nacional também vai se refletir nas próximas eleições. Tenho certeza que vamos crescer muito no Pará e lideranças do porte de Osmando serão fundamentais para difundir nossas propostas e nos ajudar a trabalhar por Santarém e pelo Oeste do Pará”, complementou Beto Salame.

Beto também frisou seu compromisso pessoal com Santarém. Acompanhe mas detalhes na entrevista que concedeu a reportagem do Jornal O Impacto:

Jornal O Impacto: Quais as expectativas em relação à contribuição de Osmando Figueiredo como presidente do PP em Santarém?

Beto Salame: Sem dúvida nenhuma eu venho a Santarém, mais uma vez, agora na condição de presidente estadual do PP, não só como Deputado Federal, abonar a ficha de filiação do nosso amigo Osmando Figueiredo que é advogado consagrado, conhecido, homem público limpo, verdadeiro; ele a partir de hoje vai conduzir a coordenação política do partido aqui na região na condição de presidente da comissão provisória municipal em Santarém do PP. Nós vínhamos conversando há um tempo, fruto de um relacionamento profissional, ele é advogado eu também sou, temos amizade há longo tempo. Ele resolveu aceitar esse desafio de conduzir um partido importante, a terceira maior bancada do Brasil com 51 deputados federais. Hoje os progressistas têm sob a sua orientação política ministérios importantes, como o Ministério da Saúde, o Ministério da Agricultura, e a Caixa Econômica Federal, então, procuramos fazer com que essas pastas dialoguem com os municípios para ajudar os nossos prefeitos, tanto na área da saúde como na área da Agricultura. Como a Caixa Econômica é o banco que controla boa parte dos recursos públicos que são investidos nos programas do Governo Federal, isso tudo estará à disposição para que possamos fazer com que as políticas virem realidade; melhora a saúde, melhora a agricultura e que as obras do Governo Federal que de alguma maneira tenham alguma relação com a Caixa Econômica aconteçam! É para isso que serve a Política, para fazer com que aquilo que a gente prega vire realidade e o Osmando tem toda qualificação possível para coordenar isso, é um homem político, conhece a região e eu fico muito feliz em poder estar em Santarém colocando-o junto conosco nesta trincheira que é organizar o partido e apresentar proposta para o Tapajós, para Santarém e ajudar o prefeito Nélio a governar esse Município importante, belíssimo, mas que precisa de ajuda e o Osmando será um grande condutor disso tudo.

O Impacto: Como o senhor avalia o desempenho do partido na eleição municipal?
Beto Salame:
A nível estadual o partido foi bem, poderia ter sido melhor, mas tivemos dificuldades porque eu assumi a direção estadual do partido num período muito curto na época da filiação partidária e isso nos prejudicou um pouco. Eu tive pouco tempo para organizar as candidaturas a Vereador em vário municípios, as candidaturas a vice-Prefeito e a Prefeito; ainda sim conseguimos eleger 93 vereadores, 7 vice-prefeitos, 2 prefeitos. Queria aproveitar e explicar à população de Santarém que o pequeno desempenho do nosso partido aqui no Município não foi por culpa de quem assumiu a condução do partido nesse período de transição, mas foi por causa realmente do tempo que não tivemos para organizar o partido, preparar a chapa, preparar um grupo alinhado, então, resolvi deixar passar o processo eleitoral para a partir daí, em um novo cenário político, passar a trabalhar com a organização do partido do jeito que Santarém merece. O desempenho que houve na eleição daqui não é demérito e não há crítica alguma com relação a quem resolveu conduzir o partido nesse momento de transição, muito pelo contrário, eu sou muito grato a quem resolveu assumir esse trabalho nesse período.

O Impacto: O que o senhor diria que muda na estratégia do partido com o senhor à frente, que não era adotado na gestão anterior?
Beto Salame:
Eu não gosto muito de falar do passado, até porque eu tenho muito respeito pelo ex-deputado e ex-presidente Gerson Peres; o que posso garantir, que sob a nossa gestão, teremos um partido aberto, democrático. Não será um partido onde só eu decido, não é um partido meu, é um partido onde tem várias lideranças políticas. Têm vários vereadores eleitos, dois prefeitos, sete vice-prefeitos. Nosso grande objetivo é que o partido crie o Diretório Estadual, coisa que ao longo dos anos nunca aconteceu. A idéia é que os principais municípios como Santarém, avancem também na questão de criação de diretórios municipais, para democratizar a participação. Garanto que não faltará disposição para realizar as mobilizações necessárias na construção do PP. É um partido que respeitando as outras legendas, como PMDB, PSDB, bem como PT, que são os maiores partidos do Brasil. vai ter que ter o seu espaço. O PP não será sublegenda do PSDB, como foi durante muito tempo. Temos relações hoje com forças políticas ligadas ao governo do Estado, com forças políticas em oposição ao governo do Estado. Aquilo que for mais importante para a sociedade, mais salutar, a gente vai estar próximo. Aquilo que for ruim para a sociedade, nós vamos estar longe. Independente da sigla partidária que a gente estiver dialogando.

Por: Edmundo Baía Júnior

Fonte: RG 15/O Impacto

3 comentários em “Beto Salame: “Osmando é um grande líder e alavancará PP em Santarém”

  • 27 de janeiro de 2017 em 15:31
    Permalink

    POIS É VOCES ESTÃO MORRENDO DE INVEJA, OSMANDO TÁ FORTE E PODERÁ SER MUITO MAIS FORTE AINDA, E TEM MUITA GENTE COM DOR DE COTOVELO….. KKKKK

    Resposta
  • 26 de janeiro de 2017 em 22:49
    Permalink

    Beto Linguiça….. deve ser dos mais bandidos… Não me admira um Nélio Aguiar da vida se prestar de ir também num evento criminoso deste, os políticos são mesmo iguais e pelo que se vê nenhum vale muita coisa! Duvido esse senhor nomeado pelo Sarney vir a público e mostrar suas declarações de imposto de renda desde a época em que veio parar em Santarém.

    Resposta
  • 26 de janeiro de 2017 em 19:33
    Permalink

    SIM, O RAIO PODE CAIR MAIS DE UMA VEZ NO MESMO LOCAL !…

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *