FAVELA NA ORLA SERÁ UM GRANDE GARGALO PARA PREFEITO JURACI

Favela Rio Surubiu todos os anos fica submersa e as autoridades fecham os olhos
e não se dignificam em proporcionar melhoria

Entra Prefeito, sai Prefeito e até a presente data, nenhum dos antecessores do prefeito Juraci se dignificou em proporcionar dignidade para as pessoas que há mais de 40 anos se instalaram na orla da cidade, cujas residências de palafitas são utilizadas para trabalho e moradia.

Vale salientar que, todos os anos por ocasião das enchentes grandes, os moradores sobrevivem abaixo da linha da pobreza. A olho nu se constata que os favelados estão sem o mínimo de infraestrutura e saneamento básico, tais como: água tratada, esgoto contaminado, sanitários insalubres e indignos para utilização de seres humanos realizarem necessidades fisiológicas. Ademais, transcendendo o tempo, nossos irmãos estão predestinados e obrigados a conviver com as mazelas urbanas, animais peçonhentos e à mercê da própria sorte.

Na época de verão, a Secretaria Municipal de Saúde – SEMSA, através dos funcionários da Vigilância Sanitária, já sintetizaram a problemática, como também, pediram providências das autoridades com relação à situação caótica na qual se encontra o lugar. Até porque, independente de qualquer situação adversa ou alheia à vontade dos moradores, é de se lamentar que os alenquerenses pejorativamente dêem nome das residências de Favela Rio Surubiu.

Contra fato não há argumento, a vida no lugar supramencionado é bastante precária, decadente e desoladora. Portanto, não condizente para a comercialização e venda de alimentos e refeições. Já que estudos dão conta que casa de assoalho atrai animais nocivos, como carapanã da dengue, baratas, ratos, etc.

Em resumo, como na plataforma de trabalho do prefeito Juraci Estevam, apresentada à Justiça aborda temáticas e políticas urbanísticas, paisagística e saneamento básico, partindo dessa premissa, a população espera um milagre que os olhos e o coração do novo gestor, possa em definitivo equacionar esse problema crônico que já vem se arrastando por várias décadas.

FUTRIMANGANDO: Em algumas situações tem pessoas que abrem a boca e deixam o espírito falar heresia. Afirmam ao vivo e em cores que, nem Jesus Cristo agradou a todo mundo. No seu entendimento, dá para envolver o filho de Deus na balbúrdia da política? Nessa interrelação existe um velho adágio popular que diz o seguinte: “O pior erro ou burrice de um político pilantra é prometer algo ao eleitor, quando absolutamente não pode cumprir”. Destarte, em toda região Oeste do Pará, em raríssima exceção, tem Prefeito que com menos de trinta dias no poder, ainda não recebeu o título de: mentiroso, safado, mascarado fobó, mau-caráter e cafajeste. No caso concreto, muitos candidatos no afã de se eleger na época de campanha, saíram desvairadamente comprando votos. Outros usaram a velha regrinha da estratégia da mentira. Ou seja, prometeram emprego para pessoas humildes e desinteligentes, as quais, infelizmente, em pleno século XXI, ainda acreditam em Matinta Perera, contos de fada, titiringa, visagem, assombração e Papai Noel. A triste realidade é que, com a miséria que se instalou no País, protagonizada exclusivamente pela classe dos politiqueiros, mesmo assim, continuam se dando bem quando dão sorte de se eleger com estes deprimentes artifícios. Como consequência, os valores da moralidade, da decência e da ética, são ofuscados pelo poder a persuasão ou capacidade dos candidatos ludibriarem indivíduos carentes e menos favorecidos. Aliás, é pertinente salientar que existe o joio e o trigo. E como tal, não estamos generalizando. Entretanto, é presumível que a perseverança, sede e fascínio pelo poder, praticada por determinados políticos, na sua essência, os mesmos não visam o bem da coletividade. E sim, apenas o intuito de locupletar seus egos, através de enriquecimento de natureza ilícita. Lembrete: Que fique de alerta, a Justiça é lenta, mas existe, e o Poder Judiciário por sua vez, está passando o Brasil a limpo. Partindo do pressuposto, que o poder emana do povo, e que barriga não dói só uma vez, quem sacaneou com o eleitor que fique velhaco e coloque a barba de molho, que o bicho vai pegar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *