Problemas de tráfego na BR-163 levam ao adiamento dos Jogos Indígenas

Programado inicialmente para acontecer no final do mês de março em Santarém, o XVII Jogos dos Povos Indígenas, etapa nacional, só ocorrerá em junho deste ano. A decisão foi comunicada pelo Comitê Intertribal Memória e Ciência Indígena (ITC) ao coordenador do Núcleo de Esporte e Lazer, da Secretaria Municipal de Educação(Semed) José Maria Lira, em reunião no Ministério dos Esporte, em Brasília, na tarde da última quinta-feira (9).

Problemas de trafegabilidade na BR-163 (Santarém-Cuiabá) motivaram o adiamento, uma vez que mais 98% das etnias que virão para Santarém disputar os jogos farão o deslocamento pela estrada.

“O Comitê em concordância com o Ministério do Esporte decidiu pelo adiamento da realização dos jogos para não comprometer a logística de deslocamento dos atletas que virão de vários lugares do país em transporte rodoviário. Com as chuvas intensas que têm caído na nossa região a trafegabilidade na BR-163 está prejudicada, o que atrasaria a chegada dos atletas indígenas”, informou José Maria Lira.

A data exata em que a XVII edição dos Jogos dos Povos Indígenas será realizada ainda está sendo definida pelo Comitê Intertribal.

No encontro com os organizadores do evento, José Maria Lira cobrou o envio do regulamento para a coordenação em Santarém, para que as lideranças indígenas do município tenham acesso e decidam sobre quais modalidades irão disputar.

Dois aspectos deverão ocorrer paralelamente aos jogos tradicionais, por sugestão dos coordenadores indígenas do ITC. O primeiro é a realização da Feira Nacional de Produtos Agrícolas e Artesanais Indígenas e o segundo é o Concurso de Beleza Indígena.

Quanto às modalidades, ainda está em discussão o número de quantas serão disputadas em Santarém. Na XVII edição dos Jogos, foram disputadas 10: Arco e Flecha, Arremesso de lança, Cabo de força, Corrida 100 metros, Corrida de fundo, Corrida de Tora, Futebol Feminino, Futebol Masculino e Natação/Travessia.

 

NEL RECEBE ORIENTAÇÕES PARA ELABORAÇÃO DE PLANO GESTOR DO CENTRO DE INICIAÇÃO ESPORTIVA

O Coordenador do Núcleo de Esporte e Lazer (NEL) da Secretaria Municipal de Educação (Semed) José Maria Lira, esteve em Brasília para tratar sobre projetos de Esporte e Lazer do Município de Santarém. José Maria Lira recebeu orientações no Ministério do Esporte para construção do plano gestor e para a prestação de contas do contrato final, que são condicionantes da implantação do Centro de Iniciação Esportiva, em uma área do Residencial Salvação, “Foi muito importante a nossa vinda aqui para nós darmos funcionalidade ao plano gestor do CIE. Já está sendo feito um ajuste no edital para lançamento da licitação visando a contratação de empresa para a execução das obras. O CIE vai ser construído na grande área do Santarenzinho, mas atenderá público de toda a Santarém para a iniciação esportiva”, explicou José Maria Lira.

O CIE terá um ginásio multiuso e pista de atletismo para trabalhar a iniciação esportiva em Santarém de 13 modalidades olímpicas, entre elas: basquete, handebol, atletismo, boxe, futsal.

A previsão é de que a execução da obra de construção do CIE dure de 8 meses a um ano.

No Ministério do Esporte, José Maria Lira aproveitou para defender que o Município tem capacidade técnica e operacional na execução de convênios federais, e para tratar sobre dois projetos importantes na área do esporte, que inclusive, já passaram por chamada pública. Um deles é o PELC – Programa de Esporte e Lazer na Cidade. “Já temos um projeto aprovado na área do PELC. Temos também um projeto aprovado dentro do programa Segundo Tempo, que possibilita o acesso a atividades esportivas e pedagógicas diferenciadas no contra turno escolar”, frisou José Maria.

O projeto do programa “Segundo Tempo” contribuirá decisivamente para a democratização do acesso ao esporte educacional de qualidade, como forma de inclusão social, ocupando o tempo do aluno quando ele não estiver na sala de aula. Serão atendidos adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade social.

Materiais esportivos – No Ministério do Esporte, José Maria Lira protocolou solicitação de vários materiais esportivos, como: bolas de futsal, handebol, futebol; jogos recreativos; material para esporte paraolímpico.

Alto rendimento – Na Secretaria de Alto Rendimento, do Ministério do Esporte, José Maria Lira tratou sobre o desenvolvimento de algumas ações que envolvam desde crianças até atletas já experientes. Uma primeira ação seria uma corrida de rua, com a participação de crianças, cujo projeto deve ser encaminhado pelo NEL ao Ministério, até o final da próxima semana.

Fonte: RG 15/O Impacto e Silvia Vieira/PMS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *