Turismo – Rio Tapajós é o principal cartão postal da região Norte

Avaliado por excursionistas como o principal cartão postal da região Norte do Brasil, o Rio Tapajós, em Santarém, segundo o Ministério do Turismo, se destaca com mais de 100 quilômetros de praias de água doce. A ‘Pérola do Tapajós’, como Santarém é conhecida na região, mostra que os anos ajudaram a moldar um roteiro incrível numa das mais antigas cidades da  Amazônia.
Além de praias de água doce, comunidades tradicionais, lagos, furos, igarapés, matas exuberantes, diversidade de peixe, pássaros e frutas, artesanato de grande inspiração, história e cultura, bem como o encontro das águas dos rios Amazonas e Tapajós formam o patrimônio turístico de Santarém.

 

 

 

 

 

Santarém se destaca com mais de 100 quilômetros de praias, como Alter do Chão e Ponta de Pedras

As praias se consolidam um forte atrativo da ‘Pérola do Tapajós’, com destaque para a Vila Balneária de Alter do Chão, conhecida mundialmente por ‘Caribe Brasileiro’, por suas areias brancas e águas azul-turquesa, distante 37 quilômetros de Santarém. Durante os meses de baixa das águas do rio Tapajós, uma imensa faixa de areia forma uma ilha em frente à orla da vila. Este local foi batizado de Ilha do Amor, e todos os anos atrai turistas do mundo inteiro.
A travessia da orla até a praia é feita através das catraias (pequenas canoas a remo) ou em lanchas, e dura apenas alguns minutos. E vale a pena, após um passeio pelo Lago Verde, Ilha da Fantasia, almoçar na Ilha do Amor, a mais requisitada em Alter-do-Chão. Da Serra da Piroca o visitante tem uma vista panorâmica do ‘Caribe Brasileiro’.
De acordo com o presidente do Conselho Comunitário de Alter do Chão, Carlos Santos, a vila conta com 6 mil moradores, porém, nos fins de semana a população chega a duplicar, atingindo 12 mil pessoas, por conta da forte presença de turistas. Ele afirma que devido a grande demanda de turistas a segurança na Vila Balneária está sendo reforçada pela Polícia Militar do Pará.
“No balneário, a segurança está sendo reforçada pelo efetivo do 3º Batalhão de Polícia Militar de Santarém. Há fins de semana, que Alter do Chão chega a abrigar 15 mil pessoas. Há poucos dias, durante o réveillon, os hotéis e pousadas estiveram lotados. Somente de São Paulo chegaram mais de 1.000 mil pessoas para brindar a chegada de 2018 no balneário”, lembrou Carlos Santos.
Também é imperdível no Tapajós a praia de Ponta de Pedras, coberta por  bauxitas que formam grutas submersas e se destacam no contraste da areia branca e fina. Se localiza em uma vila de pescadores, onde é possível encontrar pousadas e restaurantes de preços acessíveis que servem entre outros, pratos à base de peixes nativos da região. O mais pedido é o famoso charutinho. Durante o mês de novembro, acontece o “Festival do Charutinho” nesta praia, onde o peixe é prato principal da festa e servido frito com farofa, arroz, pimenta no tucupi e limão.
Localizadas próximas a Alter do Chão, em Belterra, as praias de Aramanaí, Cajutuba e Pindobal contam com estrutura de restaurantes e bares. Elas atraem milhares de turistas entre os meses de agosto a janeiro de cada ano, durante o período seco (verão amazônico).
Esta região foi planejada por Henry Ford, um empreendedor dos Estados Unidos, fundador da Ford Motor Company, que na década de 30 criou o projeto na Amazônia para abastecer sua indústria de látex. O Município foi projetado nos moldes de cidades do sul dos Estados Unidos, e até hoje, é importante destino turístico, rico em atrativos naturais e culturais.
Por: Jefferson Miranda
Fonte: RG 15/O Impacto

Um comentário em “Turismo – Rio Tapajós é o principal cartão postal da região Norte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *