Câmara Federal vai investigar risco de catástrofe na Hydro

Com a chuva, líquido vermelho da barragem teria se espalhado pelo solo.

A Câmara dos Deputados aprovou na segunda-feira (19) a criação de uma comissão para averiguar o rompimento das rompimento de barragens de rejeitos da Hydro, em Barcarena, região nordeste do Pará.

Conforme já havia sido denunciado pela população, mais de vinte bacias teriam sido construídas na área para receberem rejeitos químicos estariam causando problemas ambientais. Com as chuvas dos últimos dias, as bacias ultrapassaram sua capacidade e não foram mais suficientes para conter as substâncias, em especial bauxita, podendo causar um grave quadro de contaminação na cidade.

O requerimento pedindo a criação da comissão foi apresentado ontem e aprovado no mesmo dia. A comissão será composta pelos deputados federais Elcione Barbalho, Edmilson Rodrigues, Arnaldo Jordy e delegado Éder Mauro, todos do Pará.

Os deputados federais acionaram o Ministério do Meio Ambiente e a Embaixada da Noruega, pedindo uma audiência para esclarecer a situação e determinar medidas para conter os danos.

Além dos parlamentares, a Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Pará (OAB/PA) solicitou, em caráter de urgência, uma audiência pública para discutir a situação de Barcarena, e propôs uma ação judicial, com pedido de tutela, para suspender e caçar todas as licenças de funcionamento da Hydro.

Um laudo pericial deverá ser divulgado na quinta-feira (22) atestando a contaminação.

Fonte: DOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *