IJUS promove jogos inclusivos entre jovens em Juruti

Jogos de futsal, voleibol, tênis de mesa, handebol e outras atividades esportivas movimentaram mais de 200 jovens do município de Juruti em competições que celebraram a diversidade e a inclusão social. Os Jogos Inclusivos foram promovidos pela diretoria de Juventude do Instituto Juruti Sustentável (IJUS) e reuniu jovens a partir dos 15 anos de idade com e sem deficiência em competições integradas.

Em plenas férias escolares e com os ensaios do Festival das Tribos Indígenas de Juruti a todo o vapor, o IJUS Jovem realizou os jogos nos dias 20 e 21 de julho, na quadra poliesportiva da Escola Municipal Zelinda de Souza Guimarães, promovendo a postura ética e saudável na juventude. “O sentimento é de objetivo alcançado, a interação e a inclusão entre a juventude presente valeu todo o esforço deixando grandes expectativas para edições futuras”, destacou Feliph de Souza Rocha, diretor do IJUS Jovem.

Com esta ação o IJUS reconfirmou a valorização da diversidade e prática esportiva como proposta de atuação. “Foi uma ótima maneira de aproximar jovens com deficiência visual, auditiva e outros, junto aos demais jovens sem deficiência. Todos criando uma harmonia e amizade através dos jogos, competindo de forma igual”, comentou Taylor Ferreira, estudante da Escola Zelinda Guimarães e portador de deficiência visual. Taylor  participou dos jogos na modalidade Futsal.

De acordo com a professora Geiziane Silva, que trabalha diretamente com alunos com deficiência também na Escola Zelinda Guimarães, é gratificante ver atividades extra-escolares promovendo a diversidade e iniciativas como os Jogos Inclusivos do IJUS devem se fortalecer e se multiplicar. “A inclusão é algo que debatemos há muito tempo no campo educacional. Quando percebemos que essa inclusão saiu dos muros da escola e vemos uma instituição como o IJUS desenvolvendo um projeto pensando nas pessoas com deficiência, percebemos que a luta pela diversidade teve um grande avanço. Nós educadores vemos esta ação como de suma importância”, reforçou.

A atividade contou com a parceria de 20 apoiadores de instituições locais, entre elas a Secretaria Municipal de Educação de Juruti e o Centro Educacional Professora Luciana Andrade (CEPLA) que promove através de seus discentes do Curso de Técnico em enfermagem, orientação sobre “saúde e sexualidade na juventude”, entrega de folders, informativos e preservativos nos dois dias de evento. Além de reunir os jovens da cidade, houve a participação especial de 15 jovens da Comunidade Santa Rita, da zona rural.

Sobre o IJUS

Estabelecido em agosto de 2008, o Instituto Juruti Sustentável (IJUS) é a primeira organização civil certificada como OSCIP (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) no município de Juruti-PA.

O IJUS é composto pelo Conselho Juruti Sustentável – CONJUS, órgão voltado à promoção do diálogo coletivo entre organizações sociais, poder público e iniciativa privada; Fundo Juruti Sustentável – FUNJUS, mecanismo financeiro voltado a investimentos em projetos voltados ao desenvolvimento sustentável local; e indicadores para acompanhamento de aspectos do desenvolvimento socioeconômico de Juruti. Conselho, Fundo e Indicadores, juntos, integram a estratégia “Tripé Juruti Sustentável”, que norteia a atuação do IJUS desde a sua origem.

Fonte: RG 15/O Impacto e Ascom/Ijus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *