MÁRCIO MIRANDA PODERÁ RESPONDER POR MAIS UMA AÇÃO DE IMPROBIDADE

Protocolado nesta quinta-feira (23) junto ao Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), a representação por Ato de Improbidade Administrativa em desfavor do deputado estadual, presidente da Alepa e candidato ao governo do estado, Márcio Miranda (DEM).

O pedido é do Movimento Democrático Brasileiro (MDB), Secção do Pará, que solicita apuração o ato de improbidade administrativa capitulado no inciso IV, do art. 11, da Lei nº 8.429/92, por Miranda ter negado publicidade aos atos oficiais e por ter deixado de cumprir a exigência de requisitos de acessibilidade previstos na legislação.

De acordo com documento, o presidente da Alepa se negou a atender solicitações de disponibilização de informações e de cópias de documentos.

O caso segue para análise do MPPA, sob responsabilidade do Núcleo de Combate à Improbidade Administrativa e à Corrupção, e do Centro de Apoio Operacional de Defesa do Patrimônio.

Por Edmundo Baía Júnior
RG 15 / O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *