Transporte Coletivo: Tarifa de R$ 3,40 proposta por empresa, passará pelo Conselho Municipal de Transporte

Em sessão realizada nesta segunda-feira (7) no Teatro Victoria, após análise da proposta de preço da tarifa do transporte coletivo, a Prefeitura de Santarém por meio da Secretaria Municipal de Mobilidade e Trânsito (SMT) realizou a divulgação do julgamento final da empresa que prestará os serviços do transporte coletivo urbano no município no prazo determinado de 20 anos.

Na sessão, a Comissão Especial de licitação realizou mais uma fase do processo licitatório com a abertura do envelope n° 03, contendo a proposta de preço da tarifa, que foi analisada e julgada. A empresa Resende Batista apresentou proposta de tarifa no valor de R$ 3,40, em conformidade com o preço previsto no Edital.

“Hoje, nós fizemos mais uma etapa do processo licitatório onde a empresa apresenta o valor proposto da tarifa, mas esse valor ainda vai passar pelo Conselho Municipal de Transporte e também pelo poder executivo para que sancione ou não esse preço, sendo a vigorar pela nova proposta preço unificado”, explicou o presidente da comissão de licitação Roberto Lavor.

A licitação ainda passará pelas fases de homologação e adjudicação.

Após a assinatura do contrato, a Empresa Resende Batista Ltda terá prazo de 180 dias para implantar o sistema de transporte que será operado na área urbana de Santarém, de acordo com o plano de trabalho apresentado e as exigências do edital, visando oferecer um sistema moderno, com qualidade e segurança à população de Santarém.

“O procedimento de aquisição e estudos internos já está sendo realizado pela empresa para que dentro do prazo estipulado no edital possamos implantar a frota no município. Nós já começamos o processo de aquisição da frota nova. Com relação ao aplicativo, nosso pessoal de TI já está em andamento com a construção, sempre pensando da melhor forma para atender ao município. Com esse recurso funcionando, as pessoas não vão mais ficar por muito tempo nas paradas aguardando o transporte coletivo. Hoje quase 100% da população têm acesso à internet. Então, a pessoa vai entrar no aplicativo e poder se organizar para ir para o ponto praticamente no horário em que o transporte coletivo vai passar”, explicou o representante da Empresa Resende Batista Valério Gonçalves.

Com relação à mão de obra que será utilizada, Valério explica que com a grande demanda que terá que ser atendida pela empresa, a mesma contará com um maior número de colaboradores. “Seria impossível para nós fazermos a implantação de um novo modal da forma que a Prefeitura quer e deixar de lado a mão de obra mais preciosa que são os motoristas, cobradores, mecânicos, as pessoas que trabalham diretamente nessas empresas. Uma das coisas que nós vamos primar é isso, vamos adequar, especializar, treinar, essa mão de obra que já temos no mercado, absorvendo ao máximo. Nossa proposta é ser parceira da administração pública no atendimento à população”, ressaltou.

Esse foi o primeiro processo licitatório para concessão de transporte coletivo urbano realizado no estado do Pará, trazendo modernidade, conforto e segurança no serviço que será ofertado a população.

Fonte: Agência Santarém

Um comentário em “Transporte Coletivo: Tarifa de R$ 3,40 proposta por empresa, passará pelo Conselho Municipal de Transporte

  • 7 de janeiro de 2019 em 20:27
    Permalink

    Tudo errado…. tempo desperdiçado, custos…. A Prefeitura deveria apenas cuidar do trajeto elaborando as rotas e fiscalizar a qualidade do transporte, pode deixar livre pra qualquer um que tenha ônibus ou queira se instalar e operar qualquer rota com uma simples licença e preço livre, cada um cobra como quer, com concorrência de verdade viriam ônibus de qualidade e certamente o preço cairia pra um patamar justo. Se for caro que se vá de mototáxi, uber, táxi, etc.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *