Violência – Quatro pessoas morrem en confronto com a Polícia, em Belém

Quatro homens foram mortos, dois policiais militares foram baleados e outros dois agentes e duas passageiras de um carro particular ficaram feridos durante perseguição policial, por volta das 22 horas de sábado (12), no bairro de Batista Campos, em Belém.

Além deles, um homem, vítima de sequestro-relâmpago, também foi envolvido na ocorrência, mas saiu da perseguição sem ser ferido.

PERSEGUIÇÃO E TROCA DE TIROS

Tudo começou quando bandidos tomaram um carro particular, um Honda HR-V de cor cinza, na Travessa Tiradentes, e colocaram o motorista como refém no porta-malas, possivelmente para fazer assaltos.

Homens do 20º Batalhão da Polícia Militar (BPM) foram acionados para atender uma chamada de sequestro-relâmpago, iniciando a perseguição do veículo até a Travessa São Francisco, próximo ao canal da Tamandaré. Um cerco com várias viaturas foi formado e acabou em uma intensa troca de tiros.

De acordo com a Polícia Militar, o cabo Dionísio, também do 20° BPM, foi atingido no braço e no queixo. O agente foi socorrido e encaminhado para um hospital particular da capital, onde foi operado durante a noite. o policial militar teve três dentes atingidos, mas está fora de risco.

Outro agente foi atingido com um tiro de raspão em uma das mãos, mas também está fora de perigo.

MOTORISTA SOBREVIVEU ILESO

Durante o tiroteio, o refém sequestrado permaneceu no porta-malas do veículo, mas saiu ileso e foi libertado logo após o desfecho entre os agentes e os bandidos, relatou a Polícia Militar.

A intensa troca de tiros e as sirenes das viaturas da polícia assustaram os moradores das áreas próximas ao canal da Tamandaré.

O tiroteio ocorreu nas proximidades da Alameda Guilherme Seixas, que liga as travessas São Pedro e São Francisco.

COLISÃO E CIVIS FERIDOS

Ainda durante a perseguição policial, houve uma colisão entre uma das viaturas da Polícia Militar e um carro particular, no bairro de Nazaré. A viatura era uma das várias que haviam sido acionadas para dar apoio à busca pelos bandidos.

O choque entre viatura e o carro de passeio, um Honda Fit de cor prata, ocorreu no cruzamento da Avenida Conselheiro Furtado com a Travessa Bejamin Constant. Os dois veículos ficaram bastante danificados.

Duas mulheres estavam no veículo e sofreram escoriações levas, sendo encaminhadas para atendimento médico e ficaram bastante abaladas.

Os três policiais que seguiam na viatura também sofreram escoriações, sendo que dois agentes precisaram de atendimento médico.

FORAGIDOS DA COLÔNIA PENAL

“Alguém acionou a polícia e atendemos o chamado. Na São Francisco, eles (os bandidos) desceram do carro atirando. Atingiram um policial e acabaram sendo mortos na troca de tiros. Não sabemos se iriam fazer assaltos ou matar alguém. Ao que parece eram foragidos, falavam o tempo todo que haviam saído de colônia penal agrícola”, disse o comandante Favacho, coronel da Polícia Militar e chefe do Comando de Policiamento da Capital (CPC).

Segundo a polícia, os quatro bandidos mortos portavam um revólver de calibre 38, um revólver de calibre 32 e uma arma falsa, que simulava um calibre ponto 40.

A identidade dos criminosos não foi confirmada até a publicação desta reportagem.

Fonte: O Liberal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *