Artista de São Paulo realiza exposição “As Margens do Tapajós”, em Santarém

Evento acontece nos dias 21 e 22 (segunda e terça-feira), no Centro Cultural João Fona.

O prédio histórico da Prefeitura de Santarém, na égide da Secretaria Municipal de Cultura (Semc), o Centro Cultural João Fona (CCJF), abrirá a Galeria de Exposições Temporárias, nesta segunda-feira (21), com a Exposição “As Margens do Tapajós”. A criação é do artista paulistano, Marcelo Fernando Domingues, composta por 15 itens, 06 telas de pintura a óleo sobre tela e 09 trabalhos na técnica de sublimação em azulejo. A abertura para visitação será a partir das 16h30.

A exposição tem como base imagens das paisagens de Santarém, incluindo diferentes períodos históricos e culturais do município. As fontes das imagens foram de fotografias, pinturas antigas e atuais. “Sigo uma trajetória figurativa influenciada pelo cotidiano das imagens e movimentos que ocorrem às margens do rio Tapajós. A paisagem aparece, assim, como um manifesto dos fenômenos humanos e sociais, da interação da natureza e da cultura, do econômico e do simbólico, do visível e do invisível, do corpo e do espírito, da complexidade de uma realidade, que convida a articular os aportes das diferentes manifestações dos seres humanos e seu tempo”, disse o artista paulistano.

A técnica da sublimação trata-se de um processo molecular e que pode ser definida como uma impressão digital. Através do calor e pressão a tinta passa de uma superfície (papel) para outra (fotoproduto), fixando-se de maneira permanente.

Uma das telas do artista retrata Alter do Chão

Segundo o secretário municipal de cultura Luis Alberto Figueira, nos últimos dois anos o Centro Cultural João Fona, especificamente a Galeria de Exposições Temporárias sempre tem novidades em artes de diferentes segmentos. “Este espaço é cedido aos artistas de diferentes linhas, seja locais, ou de outras cidades do Brasil e até mesmo de outros países. E dessa vez, outro paulista, estará exibindo peças nas técnicas de tinta a óleo sobre tela e sublimação em azulejo. E o interessante desse trabalho, é o destaque através das imagens, rotinas históricas do nosso município. E aguardamos novamente grande fluxo de visitações, assim como na última exposição do paulista, Carlo Cury. Esse último esteve com a Exposição Maria Mãe de Todos”, detalhou, o titular da pasta da Cultura no município.

A Exposição “As Margens do Tapajós” encerra no dia 22 de fevereiro. O Centro Cultural João Fona fica localizado na Avenida Adriano Pimentel, s/n, bairro Prainha. Nas proximidades da Praça Barão de Santarém, Orla da Cidade. Expediente, de segunda a sexta-feira, das 08h às 18h.

Fonte: RG 15/O Impacto e Alciane Ayres/ Agência Santarém

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *