Homem é morto a tiros pelo marido da enteada em Itaituba

Um micro empresário itaitubense, identificado como Paulo Nunes, de 26 anos, mais conhecido como Curikinha, é acusado de matar o padrasto da esposa a tiros, crime ocorrido na noite de domingo (03), por volta das 19h45, na Quinta Rua da Cidade Baixa, em Itaituba. A vítima, um senhor identificado como Alquino, ainda chegou a ser socorrido com vida, mas morreu após dar entrada no Hospital Municipal de Itaituba (HMI).

Paulo Nunes (Curikinha), 26 anos, acusado.

De acordo com informações de testemunhas, o acusado chegou na residência da vítima com a esposa, identificada como Ellem Mello, enteada da vítima, e efetuou pelo menos seis tiros, três deles teriam acertado a perna, braço e abdômen. Após o crime o acusado fugiu do local junto com a esposa e não foi mais visto.

“O Curica chegou com a Ellen, ela gritou pra ele não fazer nada, mas ele entrou e atirou”, afirma uma testemunha

Inicialmente, em áudios que circulavam pelo whatsapp, a possível motivação do crime seria uma discussão do casal que o padrasto tentou intervir, porém, essa versão logo foi desmentida, já que o casal saiu junto no mesmo veículo após o crime.

Também em áudio enviado pelo whatsapp, uma pessoa, dizendo ser amigo de Curikinha, diz que recebeu uma ligação do mesmo afirmando que o motivo do crime não havia sido aquele divulgado anteriormente, mas sim algo muito mais sério.

[Matéria em atualização]

Fonte: Portal Giro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *