Integrantes de grupo que realizou assalto em Belterra são presos em Santarém

A Polícia prendeu na sexta-feira, dia 2, três homens que teriam participado do assalto a uma casa em Belterra. Eles estavam escondidos no Residencial Salvação e ao chegarem na 16ª Seccional de Polícia Civil, dois – identificados como João Paulo e Túlio Alexandre – confessaram participação no crime, enquanto o terceiro – Rodrigo da Conceição Luz – teria comprado a arma de fogo utilizada no assalto.

O outro membro do grupo era Francis Braia da Silva, que foi morto na segunda-feira, dia 1, após confronto com a Polícia no bairro Mararu. Outro que foi conduzido a Delegacia – para prestação de esclarecimentos – foi Erivan de Sousa Siqueira, que teria vendido a arma para Rodrigo.

Os R$ 40 mil, entre joias e dinheiro até a publicação desta matéria, não havia sido localizado. As informações prosseguem, também com objetivo de identificar outras pessoas que fariam parte da quadrilha de assaltantes.

Assalto em Belterra

O assalto aconteceu quarta-feira, dia 31, na residência da idosa Alzenir da Silva Ribeiro, de 70 anos, moradora da Vila Operária, 210, área central do município de Belterra. Ela teria sido abordada pelos três homens, que simularam problemas mecânicos em um veículo estacionado em frente sua residência e ao pedir um copo de água invadiram a casa e anunciaram o roubo rendendo ela e uma filha.

Conforme relato da vítima, os criminosos fugiram levando aproximadamente 40 mil reais, entre dinheiro e jóias. Os assaltantes utilizaram um veículo Gol, cor vermelha, com adesivo de uma bandeira no retrovisor.

RG 15 / O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *