Jogando em casa, Paysandu deixa título da Copa Verde escapar

O Paysandu acumulou prejuízos com a derrota para o Cuiabá, no tempo normal e nos pênaltis, pelo jogo de volta da decisão da Copa Verde 2019. Além da frustração para quase 30 mil pagantes no Mangueirão, o Papão perdeu a vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil 2020, deixou de faturar quase R$ 3 milhões em dinheiro (em premiação) e deixou escapar uma invencibilidade de 24 jogos.

Thiago Primão, volante bicolor, ficou incrédulo com o resultado. “Eu gostaria de entender isso. O que nós fizemos para não merecer o título? Não adianta falar nada em uma hora dessas. Não sei o que o Paysandu fez porque mostramos dedicação ao extremo para merecer outro resultado”, declarou o volante bicolor.

Nicolas, eleito o melhor em campo nos dois jogos da decisão, deixou o gramado do Mangueirão muito abalado. “Eu estou muito triste. não tive competência suficiente para marcar o gol e agora precisamos levantar a cabeça. Futebol é um esporte de alto rendimento e precisamos trabalhar pra algo como isso não se repetir mais”, declarou o artilheiro bicolor na temporada com 13 gols marcados.

“Precisamos pedir desculpas e parabenizar o nosso torcedor depois de algo como esse resultado. Agora, precisamos levantar a cabeça e tentar algo melhor na próxima temporada. A confiança voltou e eu pude ajudar o meu time da melhor forma possível. Futebol é detalhes e pecamos na bola parada. É uma jogada forte deles e precisamos nos ajudar pra ficarmos ainda mais fortes no próximo ano”, disse o atacante Elielton antes de descer para os vestiários.

Após o resultado extremamente frustrante, alguns torcedores do Paysandu se aglomeraram na saída dos vestiários do Mangueirão para protestar contra os atletas. Em 2019, o Paysandu ficou em quarto lugar no Campeonato Paraense, foi eliminado pelo Internacional de Porto Alegre nas oitavas de final da Copa do Brasil, perdeu a vaga na Série B do ano que vem para o Náutico e ficou com o vice da Copa Verde.

Fonte: Roma News com foto de Fernando Torres

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *