Em Oriximiná, jovem se entrega a polícia e diz que matou o próprio irmão em legítima defesa

Beneildo Barbosa(foto) se apresentou à Polícia Civil de Oriximiná, na segunda-feira (2), e confessou ter matado o irmão Marilson Barbosa, com vários golpes de faca e cacetadas. O crime aconteceu no dia 30 de novembro, e o acusado alegou ter agido em legítima defesa.

Beneildo contou à polícia que após o crime ele correu para o mato, onde ficou escondido por um tempo, depois buscou abrigo na casa de um amigo na região de Paraisópolis e na segunda decidiu procurar a polícia e se entregar.

O delegado tombou um inquérito que será remetido à justiça, responsável por decretar a prisão ou não do acusado. Beneildo vai responder por homicídio.

Fonte: Roma News

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *