Bocão Ed. 1281

CAOS DA SAÚDE PÚBLICA

Recebi uma reclamação da senhora Dolores e passo a publicar: ‘‘Nossa cidade tem muitas questões urgentes, mas a principal delas é a vida e a saúde de sua população e neste quesito estamos descendo ladeira íngreme e em alta velocidade. Perdemos vida e saúde, a cada ano que passa tudo piora. Quem acreditava que ter um médico como prefeito seria uma saída enganou-se, a saúde foi ‘privatizada’ a uma empresa que apenas visa o próprio lucro, e sob o pretexto de gestão deixa faltar o básico do atendimento’’.

CAOS DA SAÚDE PÚBLICA 2

‘‘O Hospital Municipal de Santarém não oferece papel higiênico, poucos leitos possuem colchões, não tem lençóis, não tem água pra beber e nem alimentação! Este é o relato de quem esteve no PSM tentando, sem sucesso, atendimento com um ortopedista.’’

CAOS DA SAÚDE PÚBLICA 3

‘‘Foi consultado pelo clínico geral, conseguiu raio-x (desta vez a máquina estava funcionando, já ocorreu de pacientes terem que pagar em outros locais) e foi encaminhado para ser avaliado pelo ortopedista. Depois de várias horas esperando, teve a informação de que o especialista estava de sobreaviso, mas só iria se houvesse fratura exposta, o atendente disse que iria enviar foto do raio-x e ver o que o médico falaria.’’

CAOS DA SAÚDE PÚBLICA 4

‘‘Depois de cinco horas, o paciente foi informado que o médico visualizou a foto, disse que não tinha osso quebrado, que era pra colocar uma atadura e aguardar. O paciente desistiu, voltou pra casa com o membro deslocado e tentaria atendimento no dia seguinte ou buscaria algum médico particular que desse desconto. Tenho certeza que o Prefeito Nélio e a Secretária de Saúde, não sabem dessa falta de respeito com o povo. Todos escondem a verdade, protegendo o médico.’’

CAOS DA SAÚDE PÚBLICA 5

‘‘Segundo os atendentes do hospital essa opção é comum entre os moradores de Santarém, preferem sair sem receber o atendimento necessário e buscar atendimento particular, só fica no hospital superlotado e desprovido de recursos pessoas extremamente pobres que vêm de outras cidades e este é outro motivo para o caos encontrado atualmente.’’

CAOS DA SAÚDE PÚBLICA 6

‘‘Enfermeiros e atendentes trabalham no automático, o sofrimento, a dor, o desespero e a morte se tornaram banais, não os comovem. A paciente que fez este relato afirmou que não foi mal atendida por nenhum deles, mas que também não viu empenho em tentar atender ou quem busca um alento, apenas respondem aos que o procuram, presenciou ainda o caso de um paciente esquecido em um dos corredores, que sofreu um acidente, foi operado e deixado no corredor, ao passar o efeito da anestesia clamava socorro por estar passando frio e com vontade de urinar há horas, como não tinha acompanhante não recebia atenção, aliás são os doentes e acompanhantes que se ajudam seja levando mais de um lençol para oferecer a quem não tem, comprando água e comida e tentando identificar pessoas que ainda não tiveram como informar a parentes que estavam hospitalizados, que era o caso do paciente operado.’’

CAOS DA SAÚDE PÚBLICA 7

‘‘Pacientes em corredores lotados, falta de medicação e de médicos, banheiros imundos e com vazamentos e doentes esquecidos foi a pior das experiências de doze anos utilizando o SUS municipal.’’, relato da paciente que enviou sua mensagem, segundo ela em todo este período a saúde pública do município nunca havia sido tratada com tamanho desprezo, ‘‘o declínio do serviço oferecido chegou a um ponto crítico e não vemos um vereador tomar essa causa para si, não notamos preocupação dos políticos nem dos administradores do Hospital, aliás, esse é ponto, a falta de eficiência na gestão, é hora de abandonar a discussão filosófica e puramente financeira e enfrentar os reais problemas e mudanças necessárias, essa é uma tarefa urgente e o que está em jogo é a vida. Quanto vale uma vida para quem ganha dinheiro à custa desse caos?’’ finalizou o relato.

PÉSSIMO ATENDIMENTO INTERCLÍNICAS

Chegou à minha mesa outra reclamação de leitor da coluna que precisou fazer um ultrassom no ombro após acidente. Ao ser consultado em clínica particular por não ter conseguido atendimento no Hospital Municipal, pois segundo o atendente do hospital o médico ortopedista só comparece quando há fratura exposta, e como não era o caso o médico não apareceu por uma tarde e noite inteira de sexta- feira dia 13 e assim precisou se virar para pagar um médico que analisasse seu caso, suspeita de deslocamento do ombro.

PÉSSIMO ATENDIMENTO  INTERCLÍNICAS 2

O ortopedista particular que o atendeu pediu uma ultrassom e nosso leitor entrou em contato com várias clínicas, uma vez que era sábado e não encontraria muitas clínicas abertas, conseguiu contato com o Dr. Bruno Moura e este lhe garantiu que ele poderia ir que o atenderia.

Chegou à clínica acompanhado de sua esposa e sua filha, uma bebê de colo, pois não tinha como dirigir, recebeu senha e esperou até as 11:30h, mas ao chamarem a senha anterior a de sua vez, foi informado que o Dr. Bruno Moura disse que não atenderia mais ninguém, o que o deixou revoltado, já que ele ligou antes e este garantiu que o atenderia, mesmo tendo uma bebê de colo não teve preferência de atendimento e com essa atitude fez com que não conseguisse atendimento em nenhum outro local, pois já era quase meio dia de sábado.

Esse Dr. Bruno ainda quer ser candidato a prefeito ou a vereador.

PÉSSIMO ATENDIMENTO INTERCLÍNICAS 3

O caos na saúde pública provoca uma reação em cadeia, já que como não conseguem atendimento no hospital, os pacientes são submetidos a todo tipo de abuso também nas clínicas privadas, ou aceitam a espera, o mau atendimento e os erros de diagnósticos que são cada vez mais frequentes ou morrem esperando na fila do SUS. O que vemos é que a ética de alguns médicos ficou só no juramento para receber o diploma. Esses médicos deveriam entender que eles ganham o pão de cada dia, com a doença, que hoje se transformou em grande negócio.

Por: Edmundo Baía Jr.

37 comentários em “Bocão Ed. 1281

  • 26 de dezembro de 2019 em 22:37
    Permalink

    Ministério Público vamos investigar o nepotismo cruzado no INCRA, aquele chefe da Adiministração colocou o marido da secretaria dele Xeila na vigilância, até quando eça bagunsa vai continuar.

    Resposta
  • 24 de dezembro de 2019 em 11:47
    Permalink

    A SAÚDE MORREU EM SANTARÉM, ATE AS PESSOAS QUE SÃO ASSISTIDA PELO ESTADO, QUANDO PROCURAM A SESPA POR INSULINA NÃO ESTÃO CONSEGUINDO, PORQUE TÁ EM FALTA AS MESMAS,CADÊ O REPRESENTANTE DO GOVERNADOR SÓ SERVE PRA RECEBER O SALARIO DELE TODO MÊS ,MAS NÃO SABE REVINDICAR PARA GOVERNADOR O PROBLEMA.

    Resposta
  • 21 de dezembro de 2019 em 07:54
    Permalink

    CADE O DELEGADO JAMIL PARA COLOCAR ESTE PRIMO DO CADAVER ATRÁZ DAS GRADE POIS ESTE MOLEQUE PILANTRA VENDE DROGA AI NO AMARELINHO PERTO DO ALVARO ADOLFO ESTE BANDIDO É O PIERRE E A MULHER DELE VENDE TAMBÉM A VÓ DELE MORA NA 15 DE AGOSTO CANTO COM PRESIDENTE VARGAS VÃO LÁ.

    Resposta
    • 22 de dezembro de 2019 em 08:24
      Permalink

      ei delegados o rapaz que estão falando dele ele vende droga mesmo ele fica farreando e não trabalha cade a policia para pegar.

      Resposta
      • 25 de dezembro de 2019 em 07:54
        Permalink

        ontem passei em frente a casa da avó do primo do cadáver que fica na presidente vargas com 15 de agosto ele estava bebendo e escutando um som alto cade a nossa policia para pega-lo pois o cara não trabalha só vende e farrearia está certo.

        Resposta
  • 20 de dezembro de 2019 em 18:11
    Permalink

    quer dizer que a EQUATORIAL ENERGIA foi numa casa na AUGUSTO MEIRA que estão construindo e onde tem um gato não foi que tem geladeira, bebedouro, poço, 02 centrais e todas as luzes acesa sabe quanto ele paga apenas 110,00 e quase ele se micha quando foram na casa que estão construindo vamos lá EQUATORIAL ENERGIA fazer fiscalização.

    Resposta
    • 21 de dezembro de 2019 em 07:51
      Permalink

      cade é justo está casa paga pouco e gente como eu tenho apenas televisão, 02 ventiladores e pago 175,00 ei EQUATORIAL VC TEM MEDO VAMOS LÁ.

      Resposta
      • 21 de dezembro de 2019 em 20:17
        Permalink

        CADE EU ESTOU AFAVOR DESTE ANTINO ALMEIDA JUNIOR NÃO É JUSTO EU PAGO QUASE 600,00 MORO NO SANTAREZINHO, TENHO MAQUINA DE LAVAR, FERRO, 2 TELEVISÃO E DURMA APENAS COM 01 LAMPADA ACESA POR FAVOR EQUATORIAL VAMOS FISCALIZAR ESTA CASA QUE TEM VÁRIOS OBJETO E PAGA 110,00 É GATO NA CERTA OK SE NÃO PROVIDENCIAR UMA FISCALIZAÇÃO EU VOU FAZER UMA REPREZENTAÇÃO CONTRA EQUATORIAL ENERGIA OK.

        Resposta
  • 20 de dezembro de 2019 em 18:04
    Permalink

    Prefeito Nélio fique de olho nesses seus secretários e assessores, vão ainda lhe prejudicar. Saúde realmente está uma porcaria. Vá lá visitar.

    Resposta
  • 20 de dezembro de 2019 em 15:43
    Permalink

    BOCÃO A PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR PORQUÊ TODOS OS ESTADOS ESTÃO ENTREGANDO TÍTULOS E SANTARÉM NÃO TANTO NA REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA QUE TEM O BOLSONARISTA BOLINHA COMO NOS ASSENTAMENTOS QUE TEM O LUIZ VIEGAS PETISTA DE CARTEIRINHA O POVO QUER SABER

    Resposta
    • 20 de dezembro de 2019 em 17:31
      Permalink

      Já foi expylso da região pelo novo governo os esqierdistas maiores que são o juiz erico pinheiro e luiz de Camões. Erico foi treinado na russia para ajudar o comunismo e Camões na venezuela. Vcs sabiam disso?

      Resposta
    • 24 de dezembro de 2019 em 09:16
      Permalink

      Papai Noel, já está na hora de vc presentear os assentados e demais clientes e os servidores, com a portaria de exoneração de todos os chefes petista sedentos de poder do INCRA Santarém. Aqui ainda está tudo infestado. Só assim para o INCRA Santarém realmente fazer alguma coisa. E parar de enganar os assentados. Fica a dica Bolsonaro. Feliz Natal.

      Resposta
  • 20 de dezembro de 2019 em 11:14
    Permalink

    O prefeito só divulga feitos nas ruas. Na saude todo tempo é reclamação e nada se resolve. Não vejo a hora de entregarem esse hospital materno pra ver se melhora um mínimo que seja aquele municipal. Passando td a parte de obstetrícia e pediatria pro outro hospital talvez desafogue um pouquinho.

    Resposta
  • 20 de dezembro de 2019 em 10:47
    Permalink

    Não tem condições de trabalhar em um ambiente como aquele e ser um amor de pessoa com todos os pacientes. É humanamente impossivel. A quantidade de pacientes versus a quantidade de profissionais é discrepante.

    Resposta
  • 20 de dezembro de 2019 em 10:44
    Permalink

    Tomara que terminem logo o hospital materno infantil para abrir espaço no municial para melhorar o atendimento.

    Resposta
  • 20 de dezembro de 2019 em 10:43
    Permalink

    Esse médico aí nao se elege pra nada. Deus nos defenda. Se o paciente que ta pagando ele bate a porta na cara. Imagine o eleitor.

    Resposta
  • 20 de dezembro de 2019 em 10:42
    Permalink

    A verdade é que o Hospital Municipal nao tem condições de atender toda a demanda de Santarém e região.

    Resposta
  • 20 de dezembro de 2019 em 10:14
    Permalink

    Se o Dr. Bruno se eleger espero que não trate os eleitores como trata seus pacientes. Vamos ficar de olho gente!

    Resposta
  • 20 de dezembro de 2019 em 10:13
    Permalink

    Também já precisei recorrer ao Pronto Socorro de Santarém e que aperreio que passei, horas de espera, hospital fedendo, macas em corredores , banheiros sujos e falta de material de uso e consumo parecem ser problemas recorrentes, sem o mínimo de condições de atendimento digno.

    Resposta
  • 20 de dezembro de 2019 em 10:07
    Permalink

    Médico se forma é pra ganhar dinheiro, não é pra salvar vidas não!

    Resposta
  • 20 de dezembro de 2019 em 10:06
    Permalink

    Quem está doente deve ter atendimento digno, tanto no SUS quanto no particular, que absurdo o que está acontecendo em Santarém.

    Resposta
  • 20 de dezembro de 2019 em 10:05
    Permalink

    Eu particularmente não tenho reclamações da Interclínicas, mas se aconteceu é um erro que deve ser reparado. Quem tem prioridade deve ser atendido primeiro, esse direito conquistado deve ser respeitado.

    Resposta
  • 20 de dezembro de 2019 em 10:04
    Permalink

    As promessas que o Nélio não se cumpriram, ao invés de fazer orla do Maracanã, deveria ter desafogado a Fernando Guilhon, ontem passei meia hora naquele curto trecho, uma ponte que ligasse o Maracanã ao Mapiri seria o melhor investimento para a cidade. Este recurso foi mal investido e o povo continuará a pagar pela más escolhas, quem mandou não aprender votar.

    Resposta
  • 20 de dezembro de 2019 em 10:01
    Permalink

    É verdade cada uma dessas reclamações, tenho fotos e testemunhas! Tenho pena dos atendentes, enfermeiros e técnicos de enfermagem, estes trabalham de verdade e são os que mais escutam as reclamações. Enquanto os “gestores” do hospital que é essa empresa terceirizada não faz nada, o próximo prefeito deve rescindir esse contrato urgente.

    Resposta
  • 19 de dezembro de 2019 em 17:05
    Permalink

    Eu, sinceramente, nem consigo mais reclamar do Nélio. Nélio não aparece em lugar algum, não fez absolutamente nada, começou a fazer uns projetos aqui e alí agora no final do ano pra mostrar serviço e, com certeza, tentar a reeleição.

    Meus amigos, não se preocupem porque a culpa não é do Nélio e sim dos seus eleitores que o elegeram, afinal de contas Nélio não é um gestor, ele é médico.

    Resposta
  • 19 de dezembro de 2019 em 17:02
    Permalink

    Absurdo esse ortopedista que só aparece se o caso for de fratura exposta. O cara simplesmente pegou o Juramento de Hipócrates e jogou no lixo. Isso não é medicina e, com certeza absoluta, não é medicina honesta, como é dita no juramento.

    Resposta
  • 19 de dezembro de 2019 em 16:58
    Permalink

    Não são apenas os pacientes que sofrem com essas péssimas condições do H.M.S., os funcionários também ficam ao léu sem saber o que falar/responder/fazer com os pacientes. Todo mundo pedindo ajuda e, aqueles deveriam ajudar e/ou fazer algo a respeito, nada fazem.

    Resposta
  • 19 de dezembro de 2019 em 16:55
    Permalink

    Eu queria entender como existem pessoas como no “Caos da saúde pública 4” que falam “Tenho certeza que o Prefeito Nélio e a Secretária de Saúde, não sabem dessa falta de respeito com o povo.”
    Meu brother, acorda! O prefeito é médico e olha como tá a situação da saúde na nossa cidade.

    Resposta
  • 19 de dezembro de 2019 em 16:53
    Permalink

    Isso é o que acontece quando se coloca um médico na gestão de uma cidade e, por ironia do destino, a saúde tá uma porcaria.

    Resposta
  • 19 de dezembro de 2019 em 16:01
    Permalink

    A justiça é um antro de podridão.

    Resposta
  • 19 de dezembro de 2019 em 15:52
    Permalink

    O Problema desses médicos sabe qual é ? Se sentem Deuses, tipo assim: Esse eu salvo, esse eu não salvo, esse eu atendo, esse não vou com a cara, isso quando olham na cara da gente. Drº/Drª Deus tá vendo tudo, o plantar é opcional, agora a colheita é certa. #ficaadica.

    Resposta
  • 19 de dezembro de 2019 em 15:44
    Permalink

    O atendimento melhorzinho é da UPA, eu sei porque eu fui lá e comprovei. Fui atendido super rápido, muito rápido mesmo, me surpreendi. O prédio esta mal cuidado, precisa de uma reforma, fora isso gostei.

    Resposta
  • 19 de dezembro de 2019 em 15:38
    Permalink

    Sabe o juramento de hipócrates eu chamaria de hipócrita mesmo, acordar 11 da manha, gente que é isso ?!?! Como uma pessoa dessa dorme sabendo do povo morrendo.

    Resposta
  • 19 de dezembro de 2019 em 15:34
    Permalink

    O que é mais vergonhoso de tudo isso é que nosso prefeito é médico, gente é de enfiar a cabeça num saco de lixo tanta humilhação.

    Resposta
    • 19 de dezembro de 2019 em 17:48
      Permalink

      Ele é médico, não gestor. Não era nem pra ser prefeito! Tinha uma professora de gestão pública concorrendo a prefeitura e a ignoraram só por causa do partido. Absurdo!

      Resposta
  • 19 de dezembro de 2019 em 15:33
    Permalink

    Olha, sério, se você for no hospital municipal dá pena, você sai pior que entrou vendo a situação de pessoas mas doentes que você, dá uma tristeza, uma dó tão grande da população que a trancos e barrancos leva esse município das costas. E é esse o tratamento que recebemos.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *