Artigo – O que fazer durante uma crise de ansiedade?

O que fazer durante uma crise de ansiedade?

Ansiedade é um estado normal, quando vamos fazer aquela prova importante ou temos uma reunião no trabalho. Porém, quando desencadeia sintomas desproporcionais, a ansiedade pode chegar a um nível patológico sendo necessária a intervenção de um psicólogo ou psiquiatra.

 

No Brasil, 23,6% da população convive com a ansiedade segundo dados da Organização Mundial de Saúde. A doença não possui um padrão, mas as estatísticas demonstram que atinge mais jovens e mulheres.

 

Confira o que é e quais os sintomas da condição, e veja as dicas do psicólogo Jorge Luis sobre como lidar com a ansiedade.

Afinal, o que é uma crise de ansiedade?

A crise começa com um sentimento grande de apreensão com relação ao que vai acontecer ou apenas em relação a uma possibilidade. Se isso dificulta que você desempenhe normalmente as tarefas do seu dia a dia, pode ser mais grave que uma simples ansiedade.

 

É comum que pessoas com ansiedade tentem ficar mais reclusas por medo de enfrentar certas situações que podem servir como gatilhos. Além disso, a ansiedade pode estar associada a outros transtornos como:

 

  • Fobia social;
  • TOC;
  • Transtorno de ansiedade generalizada;
  • Síndrome do pânico.

 

O que é alarmante é que os casos de ansiedade continuam a crescer, sendo que aumentaram 14,9% nos últimos 10 anos.

Sintomas da ansiedade

No primeiro momento, sentimentos de descontrole, medo e insegurança surgem em alguém com uma crise de ansiedade e nessa hora surgem os primeiros sintomas, sendo alguns deles:

 

  • Dificuldade para respirar;
  • Sensação de desmaio;
  • Suor;
  • Coração acelerado;
  • Irritação;
  • Sensação de que vai morrer.

Lidar com a ansiedade pode assustar em um primeiro momento, mas cada vez mais são criados meios de tratamento e métodos aplicáveis no dia a dia para que quem apresenta esta condição possa seguir com a sua rotina normalmente.

Escrito por Deisi Gois, jornalista e redatora na Zelas Saúde.
Revisado pelo psicólogo Jorge Luís, CRP: 147038 SP.

RG15/O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *