Artigo – Enfermeira russa do combate ao coronavírus foi repreendida por usar biquíni embaixo de um vestido protetor transparente

Por Oswaldo Bezerra

A enfermeira Nadezhda Zhukova, da região de Tula, ao sul de Moscou, ganhou fama instantânea na internet, depois de uma foto que a mostrava provocadora, com um paciente idoso olhando ao fundo se tornou viral em menos de 24 horas.

As agências de notícias locais informaram que ela vestiu um biquíni por baixo do vestido porque “fica muito quente dentro do equipamento de proteção”. O jornal Rossiiskaya Gazeta informou que a enfermeira trabalha na zona vermelha do hospital distrital para pacientes com coronavírus.

Por incrível que pareça, nenhum homem, paciente ou funcionário da ala médica reclamou dos trajes da moça, relatou o site Newstula.ru, citando uma pessoa sem nome que compartilhou a foto. Ainda assim, o departamento de saúde da região de Tula “tomou medidas disciplinares na forma de uma repreensão” contra a enfermeira “por violar o código de vestuário”, informou a agência.

As autoridades também mantiveram uma “conversa explicativa” com seus colegas sobre os requisitos de roupas sanitárias e aparência externa e intensificaram o controle sobre os funcionários responsáveis ​​pelos EPI.

Enquanto isso, a médica Anastasia Vasilyeva acusou os empregadores da enfermeira de emitir EPI de baixa qualidade para médicos. “Você pode ver na foto que ela estava usando algum tipo de roupa de plástico”, disse Vasilyeva, para a agência de notícias Daily Storm. “Um traje anti-praga não deve ser transparente e deve ser feito de um tecido diferente”.

A história chamou a atenção de Anastasia Zadorina, fundadora da Zasporte, empresa que fabrica material esportivo para equipes de esporte olímpico da Rússia.

“Essa garota jovem, bonita e corajosa contribuiu para a luta contra o vírus. Vamos convidá-la para participar de nossos programas sociais “ZaHelp”. Também estamos prontos para fornecer ao hospital de Tula, onde Nadezhda está trabalhando toda a ajuda com vestimenta adequada”, disse Zadorina

RG 15 / O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *