Surto de malária na região garimpeira de Jacareacanga chegou em Itaituba

Agentes de endemias de Itaituba estão fazendo uma barreira de atendimento nos garimpos de que fazem fronteira com o município de Jacareacanga, após a informação de um surto de malária no município vizinho. Segundo Eulison Braga, chefe do setor em Itaituba, a malária que está em surto na região, é a falciparum, a mais perigosa, que, se o paciente não receber o devido cuidado pode vir a óbito em poucos dias. 

A Malária é uma doença infecciosa transmitida por mosquitos e causada por protozoários parasitários do gênero Plasmodium. Os sintomas mais comuns são febre, fadiga, vômitos e dores de cabeça. Em casos graves pode causar icterícia, convulsões, coma ou morte, é transmitida por meio da picada de fêmeas do mosquito infectada, o período de incubação da malária varia de acordo com a espécie de plasmódio. 

Geralmente, pessoas que viajam para áreas onde a malária é comum tomam remédios preventivos antes, durante e depois da viagem. O tratamento inclui medicamentos antimaláricos. Ainda segundo Eulison Braga em Setembro foi registrado 303 casos de malária em Itaituba, desse total, 150 pessoas teriam trazido a doença da região garimpeira de Jacareacanga, da região de Paruary e Jarizal.

Fonte: Júnior Ribeiro

Foto: Reprodução

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *