PF mira servidor da Receita Federal que dava passe livre para contrabando

A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta sexta-feira (23), a Operação FREE PASS. O objetivo é desarticular quadrilha de contrabandistas de cigarro que operava na fronteira do Paraguai e possuía articulações em Mato Grosso do Sul e no Paraná.

São cinco mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Federal de Naviraí. Cerca de 25 policiais participam da ação.

Segundo a PF, os trabalhos investigativos iniciaram após a apreensão de uma carga de cigarros contrabandeados, em Mundo Novo. Os policiais descobriram uma associação criminosa integrada por um servidor da Receita Federal lotado na Alfândega do município, que vigiava os colegas e informava aos contrabandistas quando poderiam passar sem serem revistados.

O nome FREE PASS deve-se ao fato de que se tratava de um “passe livre” (free pass em português) aos contrabandistas integrantes do grupo criminoso.

Fonte: Top News Mídia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *