Polícia Civil do Pará indicia dono de cartório e filhos por quase 600 crimes

Na última terça-feira, 24, a Polícia Civil do Pará, por meio da Delegacia de Polícia Civil de Santana do Araguaia, concluiu o inquérito policial da Operação Indignus Notarius, deflagrada no dia 1º de julho deste ano. As investigações tinham o objetivo de apurar diversos crimes praticados pelo cartório do município, que atua na região há aproximadamente 40 anos. O proprietário e quatro filhos foram indiciados por 593 delitos.

De acordo com as investigações, foi possível constatar a fraudação da prestação de contas do cartório ao Tribunal de Justiça do Estado do Pará através da manipulação das informações sobre o seu faturamento.

Também se verificou que as taxas cobradas pelos atos praticados não eram mencionados nos documentos, impedindo que o usuário soubesse qual era, de fato, o valor devido por aquele serviço.

RG 15 / O Impacto com informações da PC/PA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *