É iniciada a montagem do hospital de campanha

Uma equipe do Estado e da Prefeitura de Santarém acompanhou, na tarde desta última quinta-feira (11), o trabalho de montagem do Hospital de Campanha, que deve começar a funcionar na próxima semana. A instalação de mais essa unidade de saúde para atender casos de Covid-19 na região, com 60 leitos, resulta da parceria do governo do Estado com a Prefeitura de Santarém.

A nova estrutura está sendo montada na Escola Estadual Maria Uchoa Martins, localizada no bairro Floresta, a 800 metros do Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA). A abertura da nova unidade temporária é mais uma estratégia para desafogar a ocupação da Unidade de Pronto Atendimento (UPA), que já virou um hospital exclusivo para atendimento de casos de Covid no município, e registra um fluxo intenso de atendimento.

“É muito importante ressaltarmos que, apesar de termos saído de 86 para 250 leitos de retaguarda para na região do Baixo Amazonas, nos três polos de Santarém, Juriti e Itaituba, a estrutura que está sendo montada em parceria com a Prefeitura de Santarém será de fundamental importância para o tratamento de pacientes com Covid neste momento tão difícil”, frisou o secretário adjunto da Sespa (Secretaria de Estado de Saúde Pública), Sipriano Ferraz.

Estrutura – A montagem já está bem adiantada. O espaço terá cinco enfermarias, com oito leitos cada; uma enfermaria com 16 leitos; sala de estabilização, com quatro leitos; posto de enfermagem; farmácia; almoxarifado; salas para médicos e enfermeiros; coordenação de enfermagem e uma sala para o Núcleo Interno de Regulação. Alguns equipamentos já estão chegando. A empresa responsável pelo tanque de oxigênio informou que a estrutura já está a caminho de Santarém.

“As obras estão bastante adiantadas. Os equipamentos para o funcionamento já foram adquiridos. O tanque de oxigênio está saindo hoje de São Paulo (SP) com destino a Santarém. E a previsão é que até a próxima semana o Hospital de Campanha de Santarém estará funcionando com mais 60 leitos, totalizando 310 leitos exclusivos para Covid dentro das nossas bases”, reiterou o secretário adjunto da Sespa.
Referência – A equipe de governo ainda esteve na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Santarém. A unidade hospitalar está atendendo somente casos de Covid-19, sendo a principal referência municipal nesse atendimento.

A equipe percorreu todo o espaço, incluindo as alas de internação para pacientes mais graves, enfermarias, consultórios e o espaço onde funciona o Núcleo Interno de Regulação (NIR).

Fonte: Agência Pará

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *