Suspeitos de assassinar mototaxista Elieldo são presos

No final da manhã de hoje foi realizada uma coletiva de imprensa na Seccional da Policia Civil para informar a população sobre a prisão de três suspeitos de assassinar o jovem Elieldo Castro Rego, mais conhecido como Buti. O rapaz desapareceu no dia 03 de janeiro e o seu corpo só foi encontrado no dia 15, na estrada que dá acesso à Ponta de Pedras. A investigação pela delegacia de homicídios iniciou no dia 18, quando foi instaurado o inquérito.

Um dos suspeitos, Tiago Viana Feitosa, foi localizado e preso por uma equipe da Força Nacional no estado de Goiás, em Goiania. Os outros dois, Ronildo Arruda Silva, conhecido como Roninho, e Weverton Nonato Florindo foram presos aqui na cidade de Santarém.

Segundo o relato da delegada Raíssa Beleboni, na coletiva, “foi deflagrada em Santarém e também em Goiânia a operação de investigação ao crime de homicídio que vitimou Elieldo Castro Rego, conhecido como Buti. As diligencias foram realizadas para apuração das circunstâncias para esclarecimento inclusive da motivação do crime e conseguimos apurar que a vítima teria sido levada de um estabelecimento comercial, no bairro do Santarenzinho, e colocada em um veículo. A partir de então ele teria sido levado por vários bairros da cidade até ser conduzido realmente à estrada de acesso a ponta de pedras onde foi morto e enterrado. As investigações identificaram os 3 suspeitos de envolvimento no crime”.

Também foram cumpridos mandado de busca e apreensão na residência de todos eles. Na residência do Tiago foram encontradas duas armas de fogo, que possuem autorização da Polícia Federal, e muitas munições.

Como os mandados de prisão temporária, as diligências seguem para que possa ser apurado o exato envolvimento de cada um deles na ação criminosa, atribuir as condutas de maneira individualizada e concluir com a elucidação de todas as circunstâncias do crime. Os suspeitos permanecerão à disposição da justiça. Tiago Viana Feitosa por enquanto está preso em Goiás, mas será feita representação para que seja trazido para Santarém.

Ainda segundo a delegada, há a suspeita de que pelo menos dois deles (não citados) estejam envolvidos em outros crimes na cidade de Santarém. Os três homens devem responder pelos crimes de homicídio qualificado por motivo fútil e ocultação de cadáver.

RG 15 / O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *