Filhas tentam furtar R$ 170 mil em soja de pai com Alzheimer

Duas filhas de um agricultor de Goiás vão responder por apropriação indébita, por tentarem desviar uma carga de 74 toneladas de soja, produto avaliado em R$ 170 mil. A carga pertence ao pai delas, que tem Alzheimer. Elas foram presas em flagrante na tarde desta última quarta-feira, 24, em Bom Jesus de Goiás, cidade que fica a 207 quilômetros de Goiânia, no sul do estado.

Uma denúncia anônima levou a polícia à dupla. As filhas foram autuadas quando duas carretas contratadas por elas descarregavam o produto em um depósito na zona rural do município. Uma das filhas confessou o delito e disse que o dinheiro desviado seria para comprar uma casa.

O pai tem 76 anos de idade, foi diagnosticado com a doença neurodegenerativa que compromete a memória. Por isso, desde o ano passado está interditado, por medida judicial, que atribuiu a uma das filhas a curadoria dos bens.

A decisão não permite movimentação livre do patrimônio, que só pode ser feita no nome (benefício) do pai, com prévia autorização judicial e emissão de alvará.

No caso do flagrante, segundo a polícia, elas tentaram burlar a regra. As mulheres colocaram o nome de uma delas na documentação fiscal, com o intuito de ficar com o dinheiro da venda.

Elas pagaram fiança e vão responder em liberdade.

Fonte: O Liberal

Um comentário em “Filhas tentam furtar R$ 170 mil em soja de pai com Alzheimer

  • 26 de março de 2021 em 08:00
    Permalink

    Por absurdo que achamos um comportamento de duas filhas, que nem se filha podem ser considerada de filhas. Mas elas ainda podem se regenerar pedindo perdão a Deus e a esse pai para que ainda tenham oportunidade de viverem em paz. Deus tenha misericórdia de filhos e filhas desse perfil.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *