PF prende acusado de desmatar área equivalente a mais de 1.700 campos de futebol da Floresta Nacional de Altamira, em Castelo dos Sonhos

A Polícia Federal deu cumprimento ao Mandado de Prisão Preventiva que estava em aberto em desfavor de um homem por crimes contra o meio ambiente. O mandado havia sido expedido pela Vara Federal Cível e Criminal da Justiça Federal, Subseção Judiciária de Itaituba.

Após investigação, Policiais Federais descobriram a atual residência do foragido, no município de Novo Progresso. Uma equipe de policiais logrou êxito em efetuar sua prisão em frente sua residência na sexta-feira (26). O preso foi conduzido ao Posto da Polícia Federal em Itaituba e depois encaminhado para custódia na Penitenciária de Itaituba.

O preso é acusado no processo, o qual subsidiou seu mandado de prisão, de destruir 1.724,32 hectares de floresta, o que equivale a mais de 1.700 campos de futebol, e responde pelos crimes dos artigos 40, 40-A e 48 da Lei 9605/98. A área do desmatamento fica no interior da Floresta Nacional de Altamira, em Castelo dos Sonhos.

RG 15 / O Impacto com informações da PF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *