Mulher que matou e jogou filho recém-nascido no lixo diz que sufocou a criança com as próprias mãos

Na segunda-feira (11), a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) prendeu uma mulher que matou e jogou seu filho recém-nascido no lixo. Na terça-feira (12), ao ter seu quadro clínico estabilizado após ser internada no Hospital Base com hemorragia, ela relatou aos policiais que asfixiou o bebê com as próprias mãos e que não tinha intenção de criá-lo. As informações são do Metrópoles.

“Ela alegou que o menino nasceu com vida e o asfixiou com as próprias mãos, logo após dar à luz no banheiro”, disse o delegado Maurício Lacozzilli. A diarista, que mora na Vila Telebrasília, ainda declarou que não sabia quem era o pai do seu filho e que escondeu a gravidez de todos os seus familiares.

Devido o desequilíbrio e frieza da mulher, os investigadores do caso pediram para que ela fosse submetida a um exame psiquiátrico elaborado por psiquiatras forenses do Instituto Médico Legal (IML). Ela passará pelos exames assim que receber alta do hospital.

Fonte: O Liberal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *