Santarém – Polícia investiga morte de bebê de 2 meses após discussão de casal

Nas primeiras horas da manhã de quarta-feira (23), um casal foi conduzido para a delegacia para prestar esclarecimentos sobre a morte do filho de 2 meses. A criança foi encontrada morta em cima da cama, na residência situada na Travessa 23 entre as ruas Jader Barbalho e  13 de maio, no bairro Vitória Régia, em Santarém.

À nossa reportagem a mãe da criança identificada como Paula Manuele, afirmou que a morte do bebê foi realmente negligência. “Foi negligência da nossa parte, foi só uma vez. Fomos até Mato Grosso e Novo Progresso com o neném, a gente nunca deixava ele. Até foi no caminhão com a gente”, lamentou.

Questionada sobre o que houve, Paula acredita que o menino se asfixiou por conta de dormir de bruços.  Afirmou ainda que deu mamadeira por volta das 23 horas e continuava verificando o filho de 20 em 20 minutos, pois estava bebendo próximo a vila com o companheiro.

De acordo com o depoimento da mãe do menino, era por volta de 1h da madrugada quando retornaram a residência e iniciaram uma discussão. Testemunhas contaram que o casal se trancou na casa e tiveram que conseguir uma chave reserva para abrir a porta. Moradores separaram a briga, Fabrício Cunha foi tirado de cima de Paula, pois estava a agredindo.

A Polícia foi acionada e constatou sangue na cama.  O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) esteve no local e confirmou o óbito da criança que apresentava rigidez corpórea.

A mãe afirma que o sangue é do próprio braço, pois se mutila. Toma medicação para depressão e ansiedade. O casal foi encaminhado para a  16ª Seccional de Polícia Civil para os procedimentos cabíveis.

A perícia deve remover o corpo da criança para exame de necropsia.

Por Diene Moura

Matéria atualizada às 9h08

O Impacto – Colaborou Lorenna Morena

Foto: Bena Santana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.