Marido suspeito de matar esposa a marretadas se joga embaixo de caminhão, em Marabá

Uma verdadeira tragédia! Assim pode ser definida a situação envolvendo um casal em Marabá, no sudeste do estado.

Uma mulher identificada como Gleiciane Lima Rabelo Amaral foi encontrada morta na manhã de quarta-feira (11), na residência que morava com o marido e a filha, na Folha 16, Quadra 30, na Nova Marabá.

O principal suspeito do crime era o marido dela, Eliezer Almeida Amaral, de 30 anos, técnico da justiça eleitoral. O corpo de Gleiciane foi achado em avançado estado de decomposição.

De acordo com levantamentos preliminares, a vítima foi morta com marretadas na cabeça há cerca de três dias.

Eliezer Almeida e Gleiciane Lima

O corpo de Gleiciane foi encontrado por colegas de trabalho de Eliezer, que não aparecia no trabalho há dias. Preocupados, os colegas resolveram ir à residência onde o casal morava quando se depararam com o cadáver da mulher e acionaram as autoridades.

Após a localização do corpo da mulher, no início da tarde de quarta (11), Eliezer Almeida se jogou embaixo de uma carreta bitrem na rotatória do Km 6, na Nova Marabá. Ele morreu na hora.

“Ele estava nas margens da rodovia e quando o caminhão passou, ele se jogou”, contou Kenes Rodrigues Barbosa, que testemunhou o crime.

Uma equipe da Polícia Científica e Polícia Rodoviária Federal estiveram no local do acidente fazendo os primeiros levantamentos. O corpo foi removido para o Instituto Médico Legal (IML). A filha de Gleiciane, que morava com o casal, está sendo procurada. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil.

Fonte: DOL Carajás

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.