Acusados de matar subtenente, morrem em confronto com policiais no Pará

Dois criminosos morreram em confronto com a Polícia Militar, em Moju, nordeste do Pará. A ação ocorreu na madrugada desta segunda-feira, 20.

Os criminosos, identificados como Carlos Henrique Matos Santos, o “Tracuá”, e “Zezé”, já acumulariam vários delitos em suas fichas criminais, inclusive estavam envolvidos na morte do subtenente Sales, da Polícia Militar, crime ocorrido em maio deste ano em Moju.

De acordo com a Polícia Militar, foi feita uma denúncia anônima de que “Zezé” e “Tracuá” estavam escondidos no Conjunto Oton Gomes. Foi feito o deslocamento até o local e os acusados confrontaram com os policiais e, na troca de tiros, foram atingidos.

Eles foram socorridos pelos militares e levados para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Moju, mas não resistiram. Ainda segundo a PM, os dois eram elementos de alta periculosidade e compactuavam com a facção criminosa Comando Vermelho (CV).

Com os bandidos foi apreendida uma pistola calibre 380, arma que teria sido usada para matar o subtenente Sales, que foi morto quando saía da casa dele. Também foram apreendidos com eles uma pistola.40, que foi roubada do militar na hora do crime; um revólver calibre 38, que é da empresa Biovale, que foi roubado pela quadrilha de “Zezé” durante um ataque à empresa há tempos atrás; seis munições de calibre 38, sendo quatro deflagradas e duas intactas; e um carregador de .40 com duas munições.

As armas e munições apreendidas foram apresentadas na Delegacia de Polícia Civil de Moju, para os procedimentos cabíveis.

Fonte: Roma News

Um comentário em “Acusados de matar subtenente, morrem em confronto com policiais no Pará

  • 22 de junho de 2022 em 10:20
    Permalink

    Cadê a cara deles? Se fosse um cidadão de bem a foto estaria estampada em todos os jornais!!. So no Brasil mesmo!

    Resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.