Homem tenta matar toda família e acaba sendo morto pelo próprio irmão em Alenquer, no Pará

Um homem identificado como “Abreu Som” foi morto pelo próprio irmão após tentar assassinar toda a família dele. A tragédia aconteceu na tarde da última segunda-feira , 27, na localidade conhecida como Ramal do Pariri, na zona rural do município de Alenquer, no Baixo Amazonas, oeste do Pará.

De acordo com informações de familiares, a vítima estaria em surto psicótico e tentou matar a mãe e todos os irmãos. Inclusive antes de ir até a casa do irmão que o matou, passou primeiro na casa da mãe dele e só não a matou porque ela conseguiu escapar correndo para a casa de um vizinho, que a escondeu. Depois, ele foi até a casa do irmão e teria tentado matá-lo, os dois brigaram e João acabou o matando.

De acordo com o outro irmão de Abreu, todos da família estavam se escondendo, porque ele estava ameaçando matá-los. “Ele estava aqui desde sábado tocando o terror, dizendo que ia matar a mamãe e o Paulo (outro irmão). Ele foi na minha casa e eu me minha família nos escondemos, para evitar brigar, porque eu não queria matar meu irmão. Então, para evitar uma tragédia, me escondi com minha família. Ainda ligamos para a polícia vir prender ele, mas ninguém veio e aí aconteceu essa tragédia”, relata Mauro, dizendo que ele, Abreu, caçou a morte e tirou a paz do irmão, que agora vai responder por homicídio.

“Meu irmão é trabalhador. Vivia sossegado na sua terra e agora acontece isso”, lamentou.

Segundo o investigador Marcelo, da Polícia Civil, a confusão que terminou em morte foi gerada pela vítima, que estava em descontrole mental. “Ele acabou tendo a vida ceifada pelo próprio irmão que, acredito, agiu em defesa dele e da própria família. Para nós, da Polícia Civil, a situação está esclarecida. Vamos fazer os procedimentos legais, o delegado vai tomar os depoimentos e depois o inquérito será encaminhado para a Justiça decidir o caso”, frisou o investigador.

Ele ainda ressaltou que Abreu estava em descontrole mental desde a última sexta-feira, 24 , quando tocou o terror na cidade de Alenquer, ameaçando matar pessoas. Ele também já tinha passagem pela polícia por tentativa de homicídio, tendo inclusive decepado a mão da vítima.

Fonte: Roma News

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.