Kaká volta a marcar e Real vence de virada no Bernabéu

Kaká é celebrado pelos colegas (Foto: agência AFP)

Com uma atuação soberba de Cristiano Ronaldo e um gol de Kaká, o Real Madrid derrotou o Villarreal por 4 a 2, de virada, neste domingo, em jogo válido pela 18ª rodada do Campeonato Espanhol. O craque português balançou as redes três vezes e ainda deu o passe para o brasileiro fazer seu primeiro gol após mais de sete meses sem marcar.

O resultado manteve o time merengue na segunda colocação, agora com 47 pontos, dois a menos que o líder e arquirrival Barcelona. Já o Villarreal segue em terceiro, com 36.

Homenagem a Higuaín

Ambas equipes entraram em campo com homenagens. Pelo lado do Real Madrid, todos usavam uma camisa com mensagem de apoio ao argentino Higuaín que será submetido a uma cirurgia de hérnia nos EUA. Já pelo lado do Villarreal, braçadeiras negras como sinal de luto pela morte de Ángel Pedraza, ex-jogador do clube na década de 80 que faleceu neste domingo vítima de câncer.

Cristiano Ronaldo comemora (Foto: agência Reuters)

Com a bola rolando, os visitantes mostraram que os três desfalques da equipe (Nilmar, Marcos Senna e Marchena) não fariam falta. Aos 26 segundos, Cazorla chutou forte e a bola desviou em Sergio Ramos tirando tinta da trave.

Cristiano Ronaldo em ação (Foto: agência EFE)

Aos seis, não teve jeito. Cani recebeu na entrada da área e, na saída de Casillas, tocou com estilo para fazer Villarreal 1 x 0 Real Madrid.

Mas a festa do Submarino Amarelo durou pouco. Aos nove, Özil cruzou rasteiro para Cristiano Ronaldo igualar o placar. Na sequência, o português fez boa jogada pela esquerda e rolou para Lass Diarra soltar uma bomba rente à trave de Diego López.

Golaço de cobertura

O jogo aberto, entretanto, acabou sendo prejudicial para os merengues. Aos 17, Marco Rubén ganhou um passe açucarado de Bruno e tocou por cobertura fazendo um lindo gol e calando o Santiago Bernabéu.

Em vantagem, o Villarreal buscava os contra-golpes, especialmente pelo lado esquerdo aproveitando as subidas ao ataque do brasileiro Marcelo. Embora estivesse melhor na partida, os visitantes acabaram cochilando na defesa e permitiram o gol de empate do Real Madrid nos acréscimos do primeiro tempo. Após cruzamento de Xabi Alonso, Cristiano Ronaldo subiu sozinho e, de cabeça, fez 2 a 2.

Real pressiona

No segundo tempo, José Mourinho, que tinha Kaká como opção no banco de reservas, preferiu colocar o alemão Khedira em campo na vaga de Lass Diarra. A entrada deu mais força ofensiva ao time merengue que passou a controlar o duelo e teve chances de conseguir a virada antes dos 15 minutos com boas chances criadas por Özil, Benzema e Marcelo.

Aos 19, foi a vez de Cristiano Ronaldo. O camisa 7 recebeu sozinho mas, mostrando muito preciosismo ao tentar driblar o goleiro rival, se enrolou com a bola e desperdiçou a oportunidade. Quatro minutos depois, Benzema, na pequena área, chutou em cima do goleiro Diego López.

Kaká comemora com Cristiano (Foto: agência EFE)

Kaká entra e marca

Querendo ainda mais aumentar a pressão sobre o adversário, José Mourinho sacou o zagueiro Albiól e colocou o brasileiro Kaká que, 246 dias depois, voltou ao Santiago Bernabéu – os dois últimos jogos que participou após se recuperar de uma cirurgia no joelho esquerdo que o tirou dos gramados por mais de seis meses foram longe de casa.

Com a entrada do camisa 8, o Real encurralou o Villarreal e, aos 34, chegou a virada em uma jogada de raça de Cristiano Ronaldo. Após bate rebate na área, o português insistiu, girou sobre um zagueiro e chutou no canto. 22º gol do atacante no Campeonato Português, artilheiro isolado do Campeonato Espanhol.

Instantes depois, aos 37, Kaká iniciou jogada pela esquerda e tocou para Cristiano Ronaldo que devolveu na medida para o brasileiro fazer o quarto gol. Primeiro tento do ex-são-paulino desde 7 de junho de 2010 quando anotou um na vitória de 5 a 1 da Seleção Brasileira sobre a Tanzânia em amistoso pré-Copa.

Na comemoração, José Mourinho provocou o banco de reservas adversário e, por pouco, não iniciou uma briga generalizada. Revoltado, Cani atirou uma garrafa de água no técnico português e foi expulso, assim como o técnico do Villarreal, Juan Carlos Garrido.

Após a partida, Mourinho jurou que sua intenção não era tirar sarro.

– Estava apenas querendo celebrar com meu filho que estava atrás no banco de reservas (nas arquibancadas).

Kaká: gol pelo Real Madrid após oito meses e meio (Foto: agência EFE)

Camisa 8 comemora

Pelo Twitter, Kaká comemorou o triunfo e o tento marcado diante do Submarino Amarelo.

– Que alegria. Comemorando a vitória e o gol com a família e alguns amigos. Estou muito feliz. Bom demais. Que emoção – escreveu o camisa 8, cujo último gol pelo Real Madrid aconteceu no dia 24 de abril de 2010 na vitória de 2 a 1 sobre o Zaragoza pelo Campeonato Espanhol.

Confira os resultados da 18ª rodada do Campeonato Espanhol

Sábado

Málaga 1 x 1 Athletic de Bilbao
Real Sociedad 2 x 3 Sevilla
La Coruña 0 x 4 Barcelona

Domingo

Espanyol 4 x 0 Zaragoza
Mallorca 4 x 1 Almeria
Osasuna 0 x 0 Getafe
Racing Santander 1 x 1 Sporting Gijón
Real Madrid 4 x 2 Villarreal
Levante 0 x 1 Valencia

Segunda-feira

Hercules x Atlético de Madri

Por GLOBOESPORTE.COM Madri, Espanha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *