Três pessoas morrem no final de semana em Santarém

O corpo Fredson foi coberto com um lençol

No sábado, Eduardo Batista do Amaral, mais conhecido por “Mocotó” foi assassinado a pauladas, desferidas pelo menor WFF “Buiú”, de 17 anos. “Mocotó” foi tomar satisfação se “Buiú” estava dando em cima de sua mulher e acabou encontrando a morte. Depois de uma discussão, “Mocotó” foi agredido com duas pauladas na cabeça e faleceu em sua casa. O crime aconteceu na esquina da Travessa Independência com a Rua Cristo Rei, no bairro diamantino, em Santarém/PA. O adolescente infrator foi apreendido ao amanhecer de domingo em sua casa. No momento da apreensão, ‘Buiú’ ainda tentou iniciar uma fuga, mas a casa estava cercada por PMs e foi detido. Ele confessou friamente o crime e mostrou onde tinha jogado a arma usada, um pedaço de ripão. Após os procedimentos lavrados na 16ª Seccional Urbana de Santarém, pelo Delegado Domingos Djalma Rego Pereira, o adolescente foi internado na Funcap por determinação da Juíza Josineide Gadelha Pamplona Medeiros.

O corpo do marítimo José de Arimatéia Bezerra da Silva, de 45 anos foi encontrado ontem, por homens do Corpo de Bombeiros, após ter sumido na sexta-feira, quando tomava banho em Alter do Chão.

O jovem Fredson Oliveira, de 22 anos, morreu ontem à noite, em São Brás. Fredson e seu amigo Djalma Júnior de Moraes vinham trafegando em uma motocicleta, quando foram atingidos por um veículo que trafegava em alta velocidade na Rodovia Everaldo Martins, dirigido por um piloto de avião. O jovem morreu na hora e Djalma de Moraes está internado no PSM com suspeita de fratura em uma das pernas. O acidente aconteceu por volta das 22 horas de ontem.

Por: Jerffeson Miranda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *