Thompson Mota

DESPREPARO
2 em cada 10 professores do ensino básico não têm diploma. Alguns nem mesmo terminaram o ensino médio. Na mão de quem está a educação dos nossos filhos? A má fama da educação no nosso país acaba de ganhar mais um argumento: dados do Censo Escolar 2012 mostram que dois em cada dez professores da educação básica – da educação infantil ao ensino médio – não possuem curso superior. Ou seja, 22% dos 2.101.408 professores brasileiros participam da formação de crianças e jovens sem sequer chegarem à universidade. Se a situação já lhe parece absurda, o que dizer dos mais de 8,3 mil docentes que não possuem sequer o ensino médio? Isso quer dizer que em muitas escolas no Brasil existem alunos que têm conhecimento igual ou até maior do que o seu professor.

DESPREPARO II
A maior parte dos docentes sem formação superior está na educação infantil (36,4%). De acordo com o Ministério da Educação, é permitido que um professor que concluiu apenas o magistério lecione nessa fase, mas 10% deles nem mesmo têm essa formação mínima. Se para os pais dos pequenos a situação está caótica, os mais grandinhos também podem ter problemas com a falta de conhecimento de seus tutores. Nos anos finais do ensino fundamental e no ensino médio também é comum encontrar docentes sem a formação mínima exigida: 22% e 18%, respectivamente.

DESPREPARO III
Para a coordenadora pedagógica do Colégio Brasil Canadá, em São Paulo, Rosa Maria Cavalcanti Marcos, nessa fase, quanto mais qualificado for o professor, maior é a chance do aluno absorver o conteúdo. “O professor tem que ter experiência no processo de educação, sendo ele um orientador e a criança um construtor do próprio aprendizado”, ressalta Rosa Maria. A coordenadora lembra ainda que hoje em dia um aluno possui cada vez mais conhecimento sobre o mundo. “Hoje não dá mais. É preciso que os governantes tomem conta, sim, de fechar as escolas que não preparam o professor”, alerta.

CIDADE LIMPA
Quem jogar lixo nas ruas do Rio de Janeiro a partir de julho será multado; quem recusar a multa será convidado a ir à delegacia mais próxima. Jogar lixo nas vias públicas do Rio de Janeiro não vai ficar barato. Literalmente. A partir de julho deste ano, cerca de 500 fiscais estarão espalhados pela cidade exclusivamente para multar quem descartar objetos na rua, mesmo em locais sem lixeira.  O objetivo é fazer valer um decreto que existe há 10 anos, mas que, como tantos, não tem funcionado. Os fiscais municipais receberão treinamento para a função e serão alocados na Companhia Municipal de Limpeza Urbana (Comlurb). Os valores da multa já estão estipulados – e salgados. Resíduos pequenos, de até, aproximadamente, o tamanho de uma lata de refrigerante, saem por R$ 157.

CIDADE LIMPA II
Se for maior do que isso, até 1 metro cúbico, pula para R$ 392. E mais do que 1 metro cúbico: R$ 980. A ideia é que o fiscal, munido de palmtop com acesso à internet, interpele educadamente o “criminoso” e exija seu CPF para a impressão e cobrança imediata da multa. Quem se recusar a receber a multa será acompanhado até a delegacia por um policial militar. No entanto, a Comlurb anunciou que não pretende comprar mais lixeiras, pois quer contar com a conscientização da população. “Se você leva seu lixo para a casa, deixa a rua limpa e otimiza o processo da limpeza”, afirma Vinicius Roriz, presidente da Comlurb. Um exemplo a ser segudo por todas as capitais brasileiras e municípios com população superior a 200 mil habitantes.

PLANEJAMENTO
Casais inteligentes planejam a hora certa de aumentar a família. O desejo de ter filhos ultrapassa as fronteiras da vontade. E, para deixar de ser desejo e tornar-se decisão, ele precisa ser tão planejado quanto troca de emprego ou mudança de cidade. Querer não é suficiente quando existem outros objetivos em primeiro plano.  A Organização Mundial da Saúde (OMS) revela que mais de 120 milhões de mulheres em todo o mundo desejam evitar a gravidez. E o desafio maior é orientar a população sobre o planejamento familiar e as melhores formas de prevenir uma gestação indesejada ou fora de hora.

PLANEJAMENTO II
No Brasil, isso é garantido pela Constituição. “O planejamento familiar reduz a pobreza e melhora a qualidade da mão de obra da população”, diz o professor de mestrado em Estudos Populacionais e Pesquisas Sociais da Escola Nacional de Ciências Estatísticas (ENCE/IBGE) José Eustáquio Diniz Alves. “Não existe nenhum país desenvolvido com fecundidade alta. O planejamento é um estímulo para o desenvolvimento, além de ser indispensável”, acrescenta.

CONCURSO
O governo do Pará obteve parecer favorável, dos desembargadores que compõem as Câmaras Cíveis do Tribunal de Justiça do Estado (TJE), que julgaram improcedente uma das quatro liminares que inviabilizam a continuidade do concurso público da Polícia Militar. O recurso, impetrado pela Procuradoria Geral do Estado (PGE), dá continuidade à tentativa do governo de retomar o mais rápido possível o concurso, que ofertará 2.200 vagas para Belém, Marabá, Altamira e Santarém, reforçando o efetivo do Estado em quatro regiões. Destas vagas, 200 são específicas para policial feminino. O concurso, executado pela Universidade do Estado do Pará (Uepa), deverá aumentar em 2 mil o número de soldados da corporação, entre homens e mulheres.

MOTINHAS

Amanhã é o aniversário do nosso comandante do jornal O Impacto, Admilton Almeida. É próprio da pessoa sábia conceituar a si mesma e aos outros, não pela idade, mas pela sabedoria acumulada. Parabéns com saúde, paz, sucesso e felicidade. XX  Interessados nas 61 vagas de analista administrativo do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) têm até as 23h59 do dia 29 de abril para realizar a inscrição do concurso público. O salário é de R$ 6.134,15, para carga de 40 horas semanais, sendo 27 vagas para o Distrito Federal e as demais distribuídas entre 19 estados. XX As inscrições devem ser feitas pelo site do Cespe UnB, organizador do certame. A taxa é de R$ 85. Além do DF, as oportunidades são para: Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná, Piauí, Rio Grande do Sul, Rondônia, Roraima, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe e Tocantins. .XX No dia 9 de maio, 24 candidatas desfilarão beleza e elegância no Miss Pará 2013, com o objetivo de concorrer a uma vaga no Miss Brasil. O concurso do Miss Pará 2013 será transmitido ao vivo pela RBATV, diretamente da Assembléia Paraense. XX Como jogador mais experiente do elenco do Paysandu, o atacante Iarley tem assumido o papel de orientador e conselheiro dentro do grupo bicolor. Após a derrota no clássico Re x Pa do sábado (20), Iarley saiu em defesa do treinador Lecheva e convocou os atletas a seguirem sempre o que pede o comandante. “No próximo jogo tem que ser diferente”. Disse. O jogo será amanhã sábado ás 18H30 no Mangueirão.  XX  A população já pode contar com vídeo-aulas de graça sobre a dengue pela internet. A iniciativa é do Instituto Oswaldo Cruz, órgão ligado a Fiocruz. As vídeo-aulas com informações sobre o mosquito da dengue e a doença estão disponíveis no site www.ioc.fiocruz.br/auladengue. XX Os municípios brasileiros vão receber 50 milhões de reais do Ministério da Saúde para construir Centros de Atenção Psicossocial e de Unidades de Acolhimento. Esta é a primeira vez que o Governo Federal libera recursos para construção desses serviços. E’gua meu irmão, enfim uma atitude lúcida deste governo de merda que é transformada em bolsas. XX A partir de segunda-feira (29) vou cobrir a Câmara Municipal com matérias para o nosso blog. www.thompsonmota.com.br – Os edis tem que mostrar trabalho. XX Último final de semana do mês. Neste sábado todos na Garapeira Ypiranga do amigão Cacheado, com a Loira Gelada, Ruiva Destilada, Morena Quente, Negra Gostosa e Bela Dalila. Fui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *