Rio Tapajós será dragado e sinalizado de Santarém a Miritibuba‏

Senador Flexa Ribeiro com ministro Alfredo Nascimento

Em audiência com o Ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, ontem à tarde, o senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA) levando em mãos cópia de post aqui do RG 15/O Impacto, cobrou a inclusão do Pará, além do Mato Grosso, no Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental da hidrovia Tapajós/Teles Pires/Juruena, com início ainda este ano.

Além do estudo, o Ministro confirmou que autorizará também o início das obras de dragagem, derrocagem e sinalização no rio Tapajós no trecho entre Santarém a Miritituba e a construção do porto público em Miritituba.

Flexa lembrou que foi o autor da inclusão, em 2010, dessas hidrovias no Plano Nacional de Viação.

A hidrovia vai ligar o norte de Mato Grosso a Santarém (PA) em um trecho de aproximadamente 1,6 mil quilômetros. Ano passado, a Tapajós/Teles Pires/Juruena ficou fora das primeiras ações do PAC 2 justamente por não ter um estudo concluído a respeito de sua viabilidade. 

Por: Carlos Cruz

Um comentário em “Rio Tapajós será dragado e sinalizado de Santarém a Miritibuba‏

  • 4 de maio de 2011 em 11:45
    Permalink

    E tem investi na terrinha, agora so tem que sair papel para o econimia de nossa cidade pode andar…

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *