Militar desaparecido é resgatado e passa bem

Dier foi levado para a seção de saúde do 8º BEC

O cabo do 8º BEC que estava desaparecido desde o dia 5 de setembro em uma área da floresta entre os municípios de Rurópolis e Itaituba foi encontrado no início da tarde da quinta-feira (8), na estrada próximo a um posto do Instituto Chico Mendes.

O militar Diego Claudinei Dier foi encaminhado para a seção de saúde do 8º BEC em um helicóptero do IBAMA, aparentemente estava lúcido e apresentava apenas sintomas de desidratação e alguns ferimentos na perna.

Para a família foram dias de angústia a espera de notícias sobre o soldado Dier. A sogra do militar agradece. “Fé, primeiro de tudo em Deus, a gente tem que agradecer a Deus e depois a eles que se empenharam o IBAMA, o pessoal do BEC, toda a equipe que tava lá dando esse apoio, essa força.” Diz Ivana Cunha.

O tenente Coronel Agnaldo Ribeiro, comandante do 8º BEC conta que no início das buscas de ontem (8) encontraram na floresta indícios de que o militar estava vivo. “Nós encontramos um tapiri com folhas novas, onde nós chegamos a conclusão que ele estava caminhando com o sol no rosto, então com o conhecimento dele de sobrevivência, técnicas de navegação e as orações de todos nós ele conseguiu sair da selva.”

Desaparecimento

O cabo do 8º Batalhão de Engenharia de Construção, Diego Claudinei Dier estava desaparecido na selva desde o dia 5 de setembro.

Dier estava oferecendo apoio às atividades do ICMBio em uma região próximo ao município de Itaituba. O local do desaparecimento fica cerca de 180 km do destacamento do britador localizado no município de Rurópolis e aproximdamente 60 km de Itaituba, em uma reserva do Instituto Chico Mendes.

Quinze homens do 8º BEC e outros agentes do ICMBio participaram da operação de resgate do militar.

Notapajos.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *