Corpo de Bombeiros interdita Terminal Hidroviário de Itaituba

Bombeiro vistoria Terminal de Itaituba

O Corpo de Bombeiros do Estado por medida de segurança decidiu interditar o Terminal Hidroviário de Itaituba. Uma equipe técnica dos Bombeiros que fez a vistoria no local entendeu que a estrutura danificada apresenta riscos às pessoas.

A primeira interdição do Terminal Hidroviário foi feita a seis meses pelo Corpo de Bombeiros de Itaituba, mas nenhuma providência foi tomada e o problema aumentou  com o passar do tempo.

Diante das precárias condições da estrutura e dos riscos de desabamento, o deputado Hilton Aguiar levou para a capital do Estado, fotos e imagens da estrutura para mostrar ao governo estadual a situação do terminal.

Ontem, sexta-feira, uma equipe do serviço de atividades técnicas do Corpo de Bombeiros do Estado esteve em Itaituba para acompanhar os trabalhos de construção do prédio do 7º GBM, e a pedido do capitão Tito, o coronel Edmilson e o major Oliveira estiveram no Terminal para avaliar a estrutura do local.

Diante dos riscos de desabamento, a equipe decidiu interditar toda estrutura do Terminal Hidroviário por tempo indeterminado, para que seja feita a reforma da estrutura construída há mais de 12 anos.

Segundo a equipe técnica do Corpo de Bombeiros, da forma como está a estrutura do Terminal, a qualquer momento poderá acontecer uma tragédia.

O deputado Hilton Aguiar, que um dia antes havia estado no Terminal, também acompanhou a vistoria e disse que já estava previsto a interdição do local.

Fonte: RG 15/O Impacto e Marinaldo Silva

 

Um comentário em “Corpo de Bombeiros interdita Terminal Hidroviário de Itaituba

  • 12 de setembro de 2011 em 08:04
    Permalink

    nem precisava de tecnico pra atestar isso.mais uma estrutura de apenas 12 anos se encontrar nesta situacao eh porq foi muito mal feita.jah vi estruturas mais velhas q mesmo sem manutenca nao tinham ferragens a mostra.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *