Angolana é eleita Miss Universo 2011

A angolana, Leila Lopes, de 25 anos, foi eleita a Miss Universo 2011

A angolana Leila Lopes, de 25 anos, foi eleita a Miss Universo 2011 na noite desta segunda-feira, 12. A cerimônia aconteceu no Credicard Hall, na zona sul de São Paulo. A brasileira Priscila Machado, de Canoas, no Rio Grande do Sul, ficou na terceira colocação. Leila desbancou 88 candidatas. A representante da Ucrânia, Olesya Stefanko, conquistou a segunda posição.

Leila Lopes recebeu a coroa e a faixa da mexicana Ximena Navarrete, vencedora do concurso em 2010, e foi aplaudida pelas torcidas de todo o mundo. A Miss Universo ganhou um curso na New York Academy, com todas as despesas pagas, além de um ano de acomodação de luxo em Nova York, viagens pelo mundo representando patrocinadores e ONGs e um ano de serviços de beleza e estética.

A Miss Brasil, Priscila Machado, ficou em 3.º lugar

Bela, simples, meiga e muito, muito sorridente. Assim é Leila Lopes, Miss Angola 2011 e, agora, Miss Universo, a mulher que contagiou jurados e público.

A cada entrada sua o que se ouvia no Credicard Hall, em São Paulo, era um verdadeiro clamor. Até os jornalistas, que geralmente alternam entre a imparcialidade e a torcida pelo próprio país, levantavam e batiam palmas.

Ousada, Leila desfilou o tempo inteiro de cabelos presos. Na hora da pergunta dos jurados, ficou nervosa e extrapolou o tempo de discurso. “Estou muito satisfeita com o que Deus me deu e não mudaria nada em mim. Graças a Deus, me considero uma menina bonita por dentro e tenho meus valores”, afirmou ao ser questionada se mudaria algo em sua aparência.

Na tentativa de dialogar com o público, pediu para dar um recado. “Um conselho para todos: respeitem uns aos outros”, disse pouco antes de ser interrompida por um sinal. A torcida mostrou-se dividida desde o início, alternando aplausos entre Leia e a brasileira Priscila.

O Brasil não vence o Miss Universo desde 1968, quando a baiana Martha Vasconcellos foi eleita. Antes dela, a outra única brasileira a vencer foi a gaúcha Ieda Maria Vargas, em 1963.

Os brasileiros Hélio Castroneves, piloto da Fórmula IndyCar, e Isabeli Fontana, modelo internacional; fizeram parte do júri ao lado da atriz filipina Lea Salonga e a ex-Miss Universo dominicana Amelia Vega, vencedora do Miss Universo 2003.

Veja a colocação das cinco finalistas:

1º Leila Lopes, Angola

2º Olesya Stefanko, Ucrânia

3º Priscila Machado, Brasil

4º Shamcey Supsup, Filipinas

5º Luo Zilin, China

Fonte: RG 15/O Impacto e O Mocorongo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *