Ação Verão garantirá preservação do meio ambiente durante o Sairé

Catraieiros de Alter do Chão

A educação ambiental proporciona conhecimento, habilidade, atitude consciente e uma nova postura diante dos problemas ambientais. Motivo que trouxe o Projeto Ação Verão para o município de Santarém, Oeste paraense.

O Projeto Ação Verão 2011 é uma iniciativa promovida pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), por meio da Coordenadoria de Capacitação e Educação Ambiental (Ceam), e tem por objetivo conscientizar a comunidade dos principais litorais paraenses para a problemática ambiental advinda do fluxo de pessoas nesta época do ano.

Em julho, o projeto sensibilizou donos de bares, restaurantes, hotéis, barracas, associações, catraeiros, conselheiros da Área de Proteção Ambiental (APA) municipal com oficinas direcionadas à preservação ambiental e turismo receptivo.

A idéia foi de transformá-los em agentes ambientais para que, em parceria com Sema, atuassem durante o Sairé. Conscientizados, esses agentes passam a ser multiplicadores e alertam os veranistas sobre o desfrute consciente,  o lazer sem danos ambientais.

Com o slogan “Verão só curtição, combina com natureza sem poluição”, serão realizadas as seguintes atividades de Educação Ambiental neste final de semana:

Data  

ATIVIDADE

 

PÚBLICO

 

LOCAL

17/09

(sáb)

Blitz Ecológica (com distribuição de sacolas para acondicionamento do lixo pelos veranistas e cartilhas); troca consciente (os banhistas improvisam um mutirão para coleta do lixo na praia e posterior troca por brinde na barraca da Sema), oficinas de material reaproveitado, pintura, recorte e colagem. Barraqueiros e banhistas Praia de

Alter do Chão

8h30 às 14h)

18/09

(dom)

Mesma programação de sábado, com a inclusão da Gincana ecológica entre os barraqueiros. Barraqueiros e banhistas Praia de

Alter do Chão

(8h30 às 14h)

Serviço – Ação Verão 2011 em Alter do Chão

Local: Praia de Alter de Chão

Dias: 17 e 18 de setembro de 2011

Horário: a partir das 8h30

Público-alvo: O projeto atua em duas frentes: a primeira é voltada para a comunidade e tem como público- alvo os vendedores ambulantes, donos de barracas e bares que atuam nas praias e a segunda é direcionada aos veranistas.

Fonte: RG 15/O Impacto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *