Culto Ecumênico comemora 20 anos da mulher na PM do oeste parense

Mulhesre da PM de Santarém

São vinte anos da presença das policiais na tropa do Oeste paraense e durante esse tempo o número de mulheres compondo a corporação cresceu e hoje já representa cerca de 10% do total de policiais.

Há cerca de três meses diversas atividades alusivas ao aniversário foram desenvolvidas e na sexta-feira (30), ocorreu no 3º Batalhão de Polícia Militar um culto ecumênico com o objetivo de comemorar a data e agradecer por todas as vitorias alcançadas durante essas duas décadas. A subtenente Mara Lúcia Alves Santos foi formada na primeira turma em Santarém e hoje além de celebrar a data ainda comemora sua recente promoção, sendo a segunda subtenente da região, “É uma emoção muito grande, pois com o tempo vamos acompanhando a crescimento da nossa policia, ganhando muito mais experiência e vendo que abrimos precedente para que outras mulheres tivessem o desejo de compor a tropa. Sou apaixonada pela minha profissão”, disse a subtenente.

Hoje, as policiais atuam em todas as atividades do batalhão não havendo discriminação e são empregadas em todas ações em razão da necessidade em casos de abordagem que envolvam mulheres ou qualquer outra ação.

O comandante do CPR-I, coronel Eraldo Paulino parabenizou pessoalmente todas as policiais, “São profissionais altamente competentes e temos orgulho de tê-las na tropa, pois o trabalho que desenvolvem é de fundamental importância para o sucesso de nossas ações”, disse o coronel Eraldo.

Também estiveram presentes na cerimônia o subcomandante do CPR-I, tenente coronel Jairo Mafra Mascarenhas; a capitã da reserva Ailce Guimarães e a tenente reserva Bernadete Pinheiro que se vieram de Belém comemorar a data com o efetivo local.

Fonte: RGF 15/O Impacto e Ascom/CPR I

Um comentário em “Culto Ecumênico comemora 20 anos da mulher na PM do oeste parense

  • 2 de outubro de 2011 em 04:31
    Permalink

    BRAVÍSSIMO para todas vcs, em especial p/ minha amiga Ten. Marnilza, pioneira. Não é qq uma q/ abraça uma profissão tão árdua dessas .Qdo for necessário vamos passar o trator sobre os bandidos covardes!! Faço votos de q/ TODAS continuem firmes e fortes na batalha e, lembrem-se de se divertir nas hrs vagas. Fiquem com Deus!!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *