Santarém realiza III Caminhada Ecológica em Defesa da Serra do Saubal

Caminhada ecológica pela serra do Saubal

Uma confraternização a favor da natureza levou em média 300 moradores a participarem da III Caminhada Ecológica em defesa da Serra do Saubal, na manhã desta quarta-feira, dia 12. O evento ganhou mais destaque por conta da aprovação do Projeto de Lei do Executivo que autorizou a criação da Área de Proteção Ambiental (APA) da serra do Saubal, no final do mês de agosto. A APA abrangerá uma área total de mais 1,5 milhão m² (1.538.502,82 m²), referente a 153, 85 hectares. O espaço vai ser administrado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma) e vai ordenar a ocupação irregular das terras e promover a proteção dos recursos biológicos.

A APA do Saubal circundará os bairros do Diamantino, Santo André, Nova República, Bela Vista e Vigia. A criação da Área é uma reivindicação dos moradores e da Pastoral Social da Diocese do município. Conceição Menezes, da coordenação da Pastoral Social do bairro da Nova República, destacou a transformação da serra do Saubal em uma Área de Proteção Ambiental. “Agora caminhamos em função da implantação do Conselho Gestor e da atuação dos órgãos ambientais nesse espaço, visando consolidar a área de proteção como espaço para caminhada, piquenique, entre outras atividades da convivência do homem com a natureza”, disse Conceição Menezes.

Caminhada em defesa da serra do Saubal

Na área devem ser executadas diversas ações, como arborização dos locais degradados e a realizar uma atividade de adaptação das famílias tradicionais à nova realidade na Área de Proteção Ambiental. Mesmo com os impactos sofridos, como a devastação da mata verde e a extração de terra, a natureza persiste na sobrevivência. Na serra do Saubal existem espécies de madeira de lei, animais silvestres como tatu, paca, pássaros, e os Igarapés.

O Bispo da Diocese de Santarém, Dom Esmeraldo, que participou da abertura do evento ecológico, disse que Deus criou o mundo para que possamos cuidar dele e não para que possamos destruí-lo. E a partir da aprovação do decreto dessa Área de Preservação Ambiental é importante que as ações determinadas possam ser colocadas em prática. “Há necessidade de ter áreas dessa forma, ainda mais na Amazônia para contribuir a uma boa qualidade de vida a todos”, disse Dom Esmeraldo.

Na caminhada os participantes eram de diferentes idades, principalmente crianças. E na data de hoje (12), muitas delas vieram agradecer por esse presente natural, como o pequeno, Jared Fernandes Pereira, de 08 anos, que diz estar muito feliz em poder ajudar na preservação da serra do Saubal. Jared é um dos membros do Grupo Ambiental Mirim existente há 3 anos na grande área da Nova República. No grupo, crianças e adolescentes recebem orientação, como evitar participar de ações violentas e estarem atuantes na preservação do meio ambiente.

Após 2 horas e meia de caminhada, os participantes festejaram o final do evento ecológico com agradecimentos a Deus e em seguida degustaram o café da manhã. A refeição matinal foi regada com frutas naturais e alguns desses produtos extraídos da serra do Saubal, como a macaxeira.

 

 

Refeição servida com produtos da serra do Saubal

Por: Alciane Ayres

 

 

Um comentário em “Santarém realiza III Caminhada Ecológica em Defesa da Serra do Saubal

  • 13 de outubro de 2011 em 08:44
    Permalink

    ESSA CAMINHADA SERÁ UMA CONQUISTA MUITO GRANDE
    PARA OS MORADORES DA SERRA DO SAUBAL, POIS E /
    UMA AREA MUITO GRANDE COM MUITAS ARVORES IGARA
    PES COM NASCENTES DENTRO DA AREA, MAIS E BOM /
    DIZER TEM QUE FISCALIZAR POIS JÁ TEM GENTE DES
    MATANDO UMA PARTE DA AREA EM TORNO DA SERRA.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *