Companhia paulistana de teatro realiza oficina em Oriximiná

A Cia Triptal

Em sua passagem pelo Pará, a experiente Cia Triptal de Teatro fará uma parada de dois dias no município de Oriximiná, no Oeste paraense, para uma troca de experiências com atores da região.  Nos dias 18 e 19, o diretor André Garolli e sua equipe promoverão uma oficina para trinta profissionais de artes cênicas com o objetivo de discutir a adaptação das experiências cotidianas na composição de personagens e histórias para o teatro.

A Cia Triptal, que ministrará a oficina com patrocínio da Mineração Rio do Norte, traz na bagagem mais de 200 apresentações pelo país, viagens pelo exterior e a conquista dos prêmios Shell e APCA de melhor espetáculo.  

O grupo reproduz nos palcos situações reais, como explica o diretor da Cia, André Garolli. “Buscamos fazer um teatro realista, olhando para a vida e passando a limpo. No palco, discutimos questões psicológicas e comportamentais das pessoas. Trabalhamos a ação e reação, provocamos uma reflexão sobre o que o homem é capaz de pensar e realizar”, diz. “Na oficina, vamos trabalhar a leitura de textos e fomentar discussões, preferencialmente, voltadas para o universo local”, completa Garolli.

A troca de experiências com atores da região promete ser enriquecedora, como espera a atriz da Companhia de Teatro, Humor e Festa Uirapuru de Oriximiná, Annieli Valério. “Estou apreensiva para ver a temática da oficina. O O’Neil, autor inglês no qual a Cia Triptal se debruça, pode ser comparado ao nosso Nelson Rodrigues, que também colocava em discussão as vivências cotidianas. Será muito interessante ver a parte teórica, ler esse tipo de autor, pois na região, o teatro ainda é muito feito só de forma prática, com pouca teoria. Mas, a teoria é importante para a formação do ator”, argumenta Annieli.

O uso das experiências reais na construção das peças de teatro é uma prática adotada pelos atores locais. A atriz Annieli desenvolve trabalhos semelhantes, mas mantendo a temática regional. “Escrevemos histórias usando expressões caboclas e lendas amazônicas. Assim, nós discutimos temas como bullying, violência e preservação dos rios de uma forma que alcança todos os públicos”, destaca a coordenadora da Companhia de Teatro, Humor e Festa Uirapuru.

Entre as montagens desenvolvidas pela Cia Triptal está a peça “Zona de Guerra”, que estará em cartaz nos dias 22 e 23 de outubro, às 20h, no Cine Teatro de Porto Trombetas, num evento aberto ao público.

O espetáculo leva ao palco a história de uma tripulação marítima que, em plena I Guerra Mundial, transporta dinamite no interior de um navio inglês. Nesse cenário está o jovem Smith e sua misteriosa caixa preta que ele leva a bordo, que causa medo e tensão entre os marinheiros. Smith é suspeito de ser um espião.

Quem assistir ao espetáculo vai conferir uma obra encenada por uma das companhias teatrais mais sólidas do Brasil. O “Zona de Guerra” tem patrocínio da Petrobras e chegará a Trombetas com apoio cultural da Mineração Rio do Norte e Mineração Esporte Clube.

Fonte: Érica Bernardo/MRN

Um comentário em “Companhia paulistana de teatro realiza oficina em Oriximiná

  • 20 de outubro de 2011 em 14:21
    Permalink

    EU QUERIA AGRADECER A COMPANHIA POR NOS PORPROCIONAR ESSA OFICIA , QUE PARA MIM FOI MUITO IMPORTANTE ,PARA QUE NOS ATORES AMADORES DE ORIXIMINA PODECIMOS TER ESSE INTERCAMBIO CULTURAL. MUITO OBRIGADO

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *