Escolas utilizam tecnologias para preservar o meio ambiente

Projeto Informática Educativa

A utilização de tecnologias para a preservação do meio ambiente é uma realidade no município de Santarém. Crianças e adolescente aprendem que aliar natureza e meios eletrônicos é possível. Um exemplo disso é o projeto de Informática Educativa, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação e Desporto (Semed).

De acordo com o coordenador do Projeto, Jader Gama, as atividades iniciaram no início de 2007, com um trabalho baseado na solidariedade intelectual junto à uma escola municipal, localizada em um bairro periférico, tido como um dos mais violentos da cidade. Os encontros tiveram como objetivos a promoção da Inclusão Digital do corpo docente da escola, visto que muitos ainda não conheciam as vantagens da comunicação digital. O projeto baseou-se na implementação do laboratório de Informática, sendo que este possui 46 máquinas ligadas à internet, com software livre instalado e funcionando durante o dia como fonte de pesquisa e apoio pedagógico para professores e alunos, e durante a noite e nos finais de semana como espaço utilizado por comunitários.

Essa experiência permitiu que em cada 4 meses 240 pessoas passassem a conhecer e a usar as ferramentas de informática básica em software livre, com uma metodologia baseada na utilização de temas geradores. “A partir desse trabalho, outras atividades passaram a ser desenvolvidas na escola. A idéia é juntar forças com as outras iniciativas civis e governamentais, para que o processo se espalhe para outros espaços e beneficie cada vez mais pessoas”, afirmou o coordenador.

Durantes as atividades do projeto os alunos também aprendem a importância da preservação do meio ambiente. Na escola municipal Dom Floriano, os educadores enfatizam o trabalho nos laboratórios de informática com o projeto “Lixo Tecnológico não descarte essa idéia”, cujo objetivo é valorizar a utilização de materiais recicláveis nas aulas.

Para a diretora Elma Nascimento, o trabalho com os alunos representa mais cuidado com o meio ambiente. “os estudantes aprendem nos laboratórios de informática que a natureza é essencial para qualidade de vida”, destacou.

A informática educativa representa um avanço nas escolas. Segundo o doutor em engenharia da computação, Celson Lima, preservar a natureza com ajuda dos meios tecnológicos é um ponto positivo para a região. Conforme o doutor “estamos em um município rodeado de floresta, e utilizar computadores, internet e outros equipamentos para mostrar que precisamos meio ambiente é considerado um grande progresso”.

Por: Ailanda Ferreira Tavares

Esta matéria é parte da ação do curso de especialização em Jornalismo Científico da UFOPA, na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, promovida pelo Ministério da Ciência e Tecnologia, no período de 17 a 23 de outubro de 2011, com o tema “Mudanças climáticas, desastres naturais e prevenção de riscos”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *