Empresas de ônibus obrigam rodoviários a prejudicar passageiros

Osvaldo Mota, Rodoviários
Osvaldo Mota, Rodoviários

O presidente do Sindicato dos Rodoviários de Santarém, Osvaldo de Sousa Mota, esclareceu que está estudando junto com os demais associados de classe o aumento salarial para a categoria, junto aos empresários, seus patrões. “Nossa data base é maio, mas como o salário mínimo aumentou a partir de janeiro, estamos estudando uma melhor forma de negociação”, disse o líder rodoviário.

A partir do mês de abril pode acontecer esta reunião onde será debatido o aumento de salário e todas as questões que envolvem este benefício. “O salário de motorista, que é o padrão, está muito defasado”, cita Osvaldo Mota, analisando que: “Todas às vezes que temos aumento de salário mínimo sempre é acima da inflação. Quando vamos pleitear esse aumento junto aos patrões, nada conseguimos. Neste caso, vamos negociar para que o aumento de salário seja um pouco acima do mínimo”, esclareceu.

Com o aumento do salário dos Rodoviários, com certeza as passagens de ônibus tendem a aumentar. Quem vai pagar com isso é o povo; o trabalhador santareno vai pagar por transporte coletivo quase sucateado e na maioria das vezes com horário atrasado, prejudicando os passageiros que tem que cumprir horário junto às empresas onde trabalham, ou que chegam atrasado aos compromissos.

Sobre este assunto, o presidente dos Rodoviários disse que: “As empresas que exploram transporte coletivo adotam uma estratégia, por conta da concorrência, que é adiantar ou atrasar o horário dos ônibus, então, o trabalhador (rodoviário) é obrigado a acatar esta estratégia por ser uma decisão da empresa. Outra coisa é a SMT (Secretaria Municipal de Transportes), que é responsável e tem que fiscalizar estes horários. Nossa esperança é de que a nova titular da SMT fiscalize, para que os horários dos ônibus sejam cumpridos”, declarou Osvaldo Mota.

Às margens da Rodovia Fernando Guilhon, parece normal ver todos os dias dezenas de pessoas esperando até uma hora pelo transporte coletivo que não chega. Nesse caso, a estratégia deve ser atrasar os coletivos para que sempre trafeguem com lotação satisfatória para os bolsos dos empresários. Ouro fato são os ônibus sucateados, alguns em qualquer condição de trêfego que são colocados nas linhas urbanas e rurais. Não importa se o povo seja penalizado, o que importa para estes e outros empresários de transporte público em Santarém é o lucro.

Fonte: RG 15/O Impacto e Carlos Cruz

Um comentário em “Empresas de ônibus obrigam rodoviários a prejudicar passageiros

  • 12 de janeiro de 2013 em 14:50
    Permalink

    boa tarde.
    esta semana eu escutei numa rádio de santarém um diretor do sindicato falando que o aumento real das passagens que o sindicato pediu é de R$ 2,45, mais que R$ 2,10 como pretende os donos de empresa eles vão aceitar.ele falou que o aumento que o sindicato pediu de R$ 2,40 seria para dar mais conforto aos passageiros,deixa de ser demagogo seu pilantra,que conforto temos nas carroças que trafegam em santarém , (carroças-ônibus velhos)carroças caindo aos pedaços,motorista e cobradores sem uniformes com padrões da empresa,funcionários sem crachá de identificação,não é visto em lugar algum fiscal para controlar a guia de saída das (carroças,ônibus) imundo sujo igual a cidade.jamais vi uma carroça-ônibus limpo em santarém,aqui em santarém eu observo as pessoas não sentam no bancos das carroças,porque são sujo preferem ir em pé.ainda vem um pilantra dizer que vai dar conforto aos passageiros,aqui os motorista fazem o que quer no sentido intinerrario das carroças,outro dia eu peguei a carroça na praça dos três poderes para descer na av: CUIABÁ,quando chegou numa certa altura da av RUI BARBOSA o motorista dobrou a esquerda depois dobrou novamente a esquerda depois subiu na rua do hospital SÃO CAMILO , tivemos que descer no hospital e voltar a pé até a av: RUI BARBOSA e pegar outra carroça até av: CUIABÁ isso eu, e os outros que tinham que ir para o mercadão tiveram tbm que pegar outra carroça.aqui amigo eu nunca vi ônibus eu vejo uma imundice trafegando pelas ruas.é por isso que tem muitos moto-taxi,os onibus não prestam.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *