Atraso nas apresentações marcam 1ª noite de Carnaval em Santarém

Bloco Unidos da Interventoria abriu o desfile na Passarela do Samba
Bloco Unidos da Interventoria abriu o desfile na Passarela do Samba

A primeira noite oficial de desfile dos blocos carnavalescos de Santarém (sábado, dia 09) foi marcada por muita reclamação dos visitantes e coordenação do evento. Houve atraso nas apresentações por mais de uma hora. A maioria dos blocos desfilou com dificuldades nos trios elétricos.

Destaques de um dos blocos na Passarela do Samba
Destaques de um dos blocos na Passarela do Samba

A primeira dificuldade foi o atraso, pois, os blocos que não entram na disputa, mas que já são tradição no carnaval santareno, entraram na avenida Tapajós às 21h30, sendo que o horário marcado era 20 horas.

Mesmo com atraso, a alegria tomou conta dos brincantes
Mesmo com atraso, a alegria tomou conta dos brincantes

O bloco da Associação Santarena das Agremiações Carnavalescas (Asac) que abriu a disputa foi o Unidos da Interventoria, que levou à avenida o samba enredo inspirado na regionalidade paraense. O tempo de apresentação foi de 45 minutos. Mas, o atraso continuou. A Unidos da Interventoria encerrou sua apresentação, e a avenida ficou parada.

Arquibancadas ficaram lotadas de pessoas, que depois ficaram descontentes
Arquibancadas ficaram lotadas de pessoas, que depois ficaram descontentes

Depois da primeira apresentação, a pista continuou vazia e o atraso de um bloco para o outro foi de uma hora. A arquibancada estava lotada. Um grupo de pagode ficou na Avenida Tapajós fazendo suas apresentações.
Nada contentes com a situação, os organizadores da Unidos de Aparecida, bloco seguinte, reclamaram bastante.
Faltou energia elétrica, mas o problema foi logo solucionado. Porém, os problemas no som continuaram. Mesmo sem som distribuído em todo o perímetro da Orla, como deveria acontecer, a Unidos de Aparecida foi para a Avenida Tapajós e homenageou os moradores mais antigos do bairro Aparecida e a cultura santarena.
Depois desta, também se apresentaram Caciques da Prainha e Pulga, os dois blocos mais antigos de Santarém.
O atraso no Carnaval deste ano também ocasionou o atraso no trabalho da Polícia e seguranças. Tanto que uma barreira foi montada para impedir que qualquer folião passasse para o outro lado da Avenida Tapajós.

Segunda noite: De acordo com a programação informada pela Prefeitura, a segunda noite de desfiles, nesta segunda-feira (11), terá:
Esquenta – Grupo Musical de Carimbó e Banda Tapajoara;
21h – Os Charqueiros
21h30 – Gelada e Cia
22h – Garotos da Coroa
22h30 – Sorriso Aberto Folia
23h – Cheiro do Periquito da Amazônia
23h30 – Vermelho e Preto
00h – A Fogueteira

Fonte: RG 15/O Impacto e notapajos.com

(Foto: Reprodução/TV Tapajós)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *