Defesa Civil alerta: “População continua morando em áreas de risco”

Darlison Maia, da Defesa Civil, critica famílias que resistem em sair
Darlison Maia, da Defesa Civil, critica famílias que resistem em sair

Apesar de todo o perigo, em Santarém ainda existem famílias que insistem em morar nas áreas de risco, sujeitos a desabamentos e até morte por afogamento, devido a constantes chuvas que alagam os locais onde teimam em fazer suas moradas. A alegação para a exposição gratuita ao perigo nem sempre é convincente, pois alguns acreditam que é melhor morar em áreas onde o perigo é constante, onde possuem casa própria do que viver pagando aluguel.

O problema preocupa autoridades municipais. Entre elas o coordenador da Defesa Civil Municipal, Darlison Maia. Ele explicou que existem muitas famílias cadastradas em programas sociais, a exemplo do PAC Social, que serão deslocadas para essas unidades. “Acontece que ainda encontramos algumas resistências. Muitas pessoas ainda insistem em morar nos locais de risco e ir para uma residência onde existe maior segurança”, falou Darlison Maia.

Bairros em risco: Darlison Maia destacou os bairros onde existem riscos para quem mora na área, e ao mesmo tempo, os moradores impõe resistência para mudar. “Tivemos resistência nos bairros do Uruará, Matinha e Santo André”, confirma o coordenador municipal. Mesmo assim ele ainda tem esperanças de que o cenário vai mudar e o bom senso prevaleça. “Aos poucos nós vamos convencer essas pessoas de que é melhor prevenir a vida, morando em um local melhor, mesmo que a casa seja pequena, como alguns falam”, destacou o coordenador. O caso está sendo levado ao conhecimento do setor jurídico da Prefeitura, para que sejam tomadas as devidas providências junto ao Ministério Público e outros órgãos que competem, para a remoção dessas pessoas.

Fonte: RG 15/O Impacto

Um comentário em “Defesa Civil alerta: “População continua morando em áreas de risco”

  • 16 de março de 2013 em 12:17
    Permalink

    Coitado do Darlissom! Faz o q pode e o q não pode pra cumprir seu dever alertando a população sobre gravíssimos riscos iminentes. Assiti no Rota5 o caso de uma Sra. que se recusa a abandonar sua casa que está condenada …sitação muito triste pois até se matar dita Sra. ja quis em sinal de recusa e protesto. Aconselho o Darlissom a continuar o trabalho dele com todo saco do mundo pois a situação é muito triste e preocupante …. entendo a situação daquela Sra. , não entendo ela querer se matar por causa daquilo mas uma coisa é certa: o povo , povão , aquela Sra é exemplo claro do povo sofrido enganado desprezado ha anos,o povo já é muito sofrido , aquela casa mesmo condenada é a vida daquela mulher , então o Darlissom e a equipe dele tem que continuar seus trabalhos com vontade, honetsidade e rezar muito pra que tudo termine bem tanto pra vcs como principalmente pra aquelas pessoas que são mais vítima do que nós imaginamos. Muito triste isso mas podemos mudar esse quadro fazendo agindo , tomamdo atitude e sobretudo com ajuda de Deus!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *