Prefeitura forma Grupo de Trabalho para discutir demanadas de taxistas

Alexandre Von ouviu reivindicações de cerca de 500 taxistas
Alexandre Von ouviu reivindicações de cerca de 500 taxistas

O prefeito Alexandre Von participou de reunião, na noite de quarta-feira, 27, com quase 500 taxistas para discutir uma extensa pauta de reivindicações apresentada pela categoria. Na ocasião foi definido a formação de um Grupo de Trabalho (GT) liderado pela secretária de Mobilidade e Trânsito, Heloísa Almeida, e outros servidores da pasta. Participaram da reunião, o procurador geral do município em exercício, José Maria Lima, o secretário adjunto de Infraestrutura, Mário Maués, e o presidente da Câmara, vereador Henderson Pinto (DEM).

A categoria apresentou ao governo uma lista de reivindicações, entre as principais destacam-se: transferência de permissões, verificação de permissões irregulares, padronização da faixa dos veículos, locais de novos pontos, situação do ponto de taxi da Avenida Marechal Rondon (em frente ao Pronto Socorro) e construção de abrigos para taxistas nos seguintes pontos: bar Mascote, Beira Rio, Mercadão 2000, Mercado Modelo, Praça Tiradentes, estação rodoviária, Hospital Regional e Municipal.

O procurador geral do município, José Maria Lima, explicou que a concessão de novas permissões só pode ser feita mediante licitação pública, fora isso, novas permissões seriam consideradas ilegais. O prefeito Alexandre Von informou que as novas concessões devem envolver a participação da Câmara de Vereadores e que um Decreto unilateral não teria efeito legal. Segundo Von, entre as prioridades apresentadas a Prefeitura vai trabalhar de imediato para proporcionar mais conforto à categoria.

“A SMT vai apresentar um projeto para melhorar o abrigo para passageiros e dar mais comodidade aos profissionais”, disse. 

 Fonte: RG 15/O Impacto e CCOM/PMS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *