Reservas do Paysandu vencem São Francisco por 3 a 0

Os torcedores do Leão Santareno que compareceram ao estádio Colosso do Tapajós, na noite de terça-feira(21), mais uma vez saíram decepcionados. “De fato o São Francisco virou freguês do Papão, sempre perde com diferença de mais de gol’s”, desabafou um torcedor.

Com a derrota, o time mocorongo encontra-se praticamente rebaixado para segundona do paraense. Já o Paysandu, mesmo com time reserva, não teve dificuldades para fazer o placar de 3 x 0 e se isolar na liderança do grupo A1 do Parazão.

Os primeiros gols saíram ainda no primeiro tempo, com Jhonnatan e Alfredo. Na etapa final, no contra-ataque, o mesmo Alfredo decretou números finais na partida. 3 x 0.

Agora os bicolores ganham tranquilidade para trabalharem visando o clássico Re-Pa, no próximo domingo (26), às 16h, no Mangueirão. Já o São Francisco fará sua despedida da fase de classificação contra o Cametá, no Barbalhão.

O JOGO: Diferente dos últimos jogos, o Paysandu fez um primeiro tempo dominante contra o adversário. Ainda longe do considerado ideal, o Papão ao menos não teve dificuldade para tocar a bola e sair vencedor da primeira etapa diante do São Francisco.

Em nova formação, com apenas dois atacantes, o time alviceleste teve mais posse de bola no meio de campo, evitando que o Leão santareno usasse a principal força ofensiva, os pontas em contra-ataques.

O primeiro gol saiu em jogada do atacante Alfredo, que emendou chute forte e a bola sobrou para o volante Jhonnatan, que completou e inaugurou o placar no Barbalhão. 1 x 0.

A partir daí o jogo continuou controlado pelo Bicola. O segundo gol chegou quando o goleiro Emerson cobrou falta, a bola desviou na barreira e sobrou para Alfredo tocar por cima de Labilá e aumentar a contagem, que permaneceu a mesma até o intervalo. 2 x 0.

Quando se esperava um São Francisco mais ousado no segundo tempo, o Paysandu voltou melhor e mostrou que o ritmo não cairia em relação a etapa inicial.

O técnico Marcelo Chamusca, inclusive, aproveitou para mudar a equipe, colocando mais velocidade com Aslen e Samuel. As mudanças surtiram efeito e logo o Paysandu chegou ao terceiro gol, em lance de Aslen pela esquerda e finalização de Alfredo. 3 x 0.

O São Francisco, sem forças, pouco conseguiu assustar. Na melhor oportunidade que teve, Balotelli teve a chance em bola respingada na área, mas a redonda foi muito longe da trave defendida pelo goleiro Emerson.

No final do jogo, decepção de um Leão Santaremo virtualmente rebaixado para Segundinha, e euforia bicolor, que vai para o Re-Pa com mais tranquilidade.

FICHA TÉCNICA:

São Francisco: Labilá; Daelson (Jeová), Charles, Alemão e Sousa; Pitbull, Rodrigo e Juninho (Heliton); Bartola (Tiago Floriano), Balotelli e Ricardinho

Paysandu: Emerson; Hayner, Perema, Pablo e Andrelino (Aslen); Rodrigo Andrade (Samuel), Augusto Recife, Jhonnatan e Daniel Sobralense (Juninho); Will e Alfredo

Estádio: Jader Barbalho, Santarém (PA)

Árbitro: Joelson Nazareno Ferreira Cardoso

Auxiliares: Bárbara Roberta Loiola e Silvério Pinto

Com informações do DOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *